Copa Paulista: Atacante comemora titularidade no XV de Piracicaba e foca na 2ª fase

Ausente em apenas um jogo no ano, Kadu Barone espera manter embalo e aumentar número de gols marcados

por Agência Futebol Interior

Piracicaba, SP, 22 (AFI) - O XV de Piracicaba entrou em campo sem Kadu Barone em apenas uma oportunidade nesta temporada (na última rodada da primeira fase do Paulista A2, quando foi poupado). São 27 jogos como titular. Além da marca de ser o jogador do elenco que mais atuou em 2019, o atacante ganhou outro motivo para comemorar: o seu segundo tento anotado na atual edição da Copa Paulista, no empate em 1 a 1 com o Velo Clube, na última sexta-feira, 16, em Rio Claro.

“É sempre importante estar atuando com a equipe. Graças a Deus, não tive nenhuma lesão e o foco é seguir desta forma”, disse o ainda jovem atleta, de 24 anos, que aperfeiçoa diariamente as suas finalizações. “Treinar é o que mais nós fazemos aqui. Estava fazendo boas partidas, mas faltava o gol. Felizmente ele saiu e agora é continuar trabalhando, para que eles possam sair com mais frequência”, falou o atacante, que marcou cinco vezes com a camisa quinzista.

Ausente em apenas um jogo no ano, Kadu Barone espera manter embalo e aumentar número de gols marcados
Ausente em apenas um jogo no ano, Kadu Barone espera manter embalo e aumentar número de gols marcados
Restando uma rodada para o término da primeira fase, Kadu Barone vê o Nhô Quim em uma ascendente.

“Não temos dúvidas de que o time evoluiu e vem em uma crescente, porém, temos que melhorar a cada jogo, porque a segunda fase é mais curta e precisamos ter essa consciência. Então, necessitamos evoluir cada vez mais. Houveram algumas partidas em que entramos desligados e depois tivemos que correr atrás. Isso não pode ocorrer nas próximas fases”, falou.

PARA MANTER A PONTA
Classificado, o Alvinegro Piracicabano visa manter a liderança do grupo 2 no próximo sábado, diante do Noroeste, a partir das 15h, no Estádio Municipal Barão da Serra Negra. Para isso, os comandados de Tarcísio Pugliese, caso não queiram depender de outro resultado, necessitam de ao menos um empate. No turno, as equipes se encontraram no estádio Doutor Alfredo de Castilho e, depois de sair atrás no marcador, o XV levou a melhor e ganhou por 3 a 1.

“Será outro confronto difícil. Tivemos dificuldades para vencer lá (em Bauru), eles nos deram trabalho. Essa foi uma das ocasiões em que entramos ‘dormindo’, meio apagados, e conseguimos buscar o resultado positivo ainda. Será complicado de novo, mas vamos atrás da vitória”, lembrou o jogador, que externou ainda o compromisso do elenco em ser campeão da competição. “Temos que ter essa consciência e saber que precisamos conquistar esse título”.