Paulista A2: Técnico do XV de Piracicaba critica arbitragem e vê eliminação "injusta"

Tarcísio Pugliese acredita que o Nhô Quim foi prejudicado por ter tido um gol mal anulado no jogo de ida

por Agência Futebol Interior

Piracicaba, SP, 20 (AFI) - O semblante fechado de Tarcísio Pugliese na entrevista coletiva após a eliminação do XV de Piracicaba no Campeonato Paulista da Série A2 dizia tudo. O treinador estava bastante chateado em não ter conseguido o acesso à elite.

Tarcísio Pugliese lembrou de um gol mal anulado pela arbitragem no jogo de ida - empate em 0 a 0 no Limeirão - para classificar a queda do Nhô Quim na semifinal como "injusta". Para ele, o XV é quem merecia ter conquistado o acesso.

O técnico Tarcísio Pugliese não considerou justa a eliminação do XV de Piracicaba
O técnico Tarcísio Pugliese não considerou justa a eliminação do XV de Piracicaba
"Sentimento de tristeza e de injustiça, porque a gente merecia muito esse acesso e também da forma que aconteceu, pois a gente teve um gol legítimo anulado. No futebol não tem merecimento, mas por merecimento a gente teria conquistado o acesso", afirmou o treinador xvzista.

Apesar de não prolongar muito o assunto, Tarcísio Pugliese criticou o árbitro Vinícius Gonçalves Dias Araújo pela sua expulsão no segundo tempo depois de um bate boca com o volante França, da Internacional de Limeira.

"A expulsão foi ridícula, descabida. É difícil falar de arbitragem... Eu teria muita coisa para falar, mas infelizmente a gente corre o risco de ser punido depois", comentou Tarcísio Pugliese.

O XV de Piracicaba viu o acesso escapar nos minutos finais, pois sofreu o empate quando vencia por 2 a 1. Nos pênaltis, a Internacional de Limeira levou a melhor e fez a festa em um Barão da Serra Negra lotado.