Copa Paulista: Técnico deixa clube após acesso ao Paulistão bater na trave

Após levar XV de Piracicaba às semifinais do Paulista A2, Evaristo Piza não segue no Nhô Quim

por Agência Futebol Interior

Piracicaba, SP, 10 (AFI) - Evaristo Piza não será o técnico do XV de Piracicaba na Copa Paulista. Apesar de ter levado a equipe alvinegra às semifinais tanto da Copa Paulista de 2017 quanto do Campeonato Paulista da Série A2 da atual temporada, o comandante não vai ter seu vínculo com o Nhô Quim estendido. O presidente do clube piracicabano, Celso Christofoletti, se manifestou.

“O contrato do Piza era até o final da A2. Temos interesse para a Copa Paulista, mas como ele deve ter mercado e a Copa começa somente no início de Agosto, se ele tiver proposta de qualquer time que dispute uma das divisões do Brasileiro B, C ou D acho que ele será merecedor e não terá como cobrimos a proposta. Isso é óbvio. Durante o planejamento da Copa Paulista em que chegar o momento da contratação da comissão técnica e ele estiver disponível e se encaixe nas possibilidades do XV e nas necessidades dele, voltaremos a conversar”, confirmou.

Após levar XV de Piracicaba às semifinais do Paulista A2, Evaristo Piza não segue no Nhô Quim para a Copa Paulista (Foto: Divulgação)
Após levar XV de Piracicaba às semifinais do Paulista A2, Evaristo Piza não segue no Nhô Quim para a Copa Paulista (Foto: Divulgação)

A PASSAGEM POR PIRACICABA
O treinador chegou ao estádio Barão da Serra Negra na segunda rodada da Copa Paulista do ano passado, quando ficou no empate sem gols com o Noroeste, no Alfredão, em Bauru.

Na ocasião, o XV tentava se recuperar da eliminação ainda na primeira fase do Campeonato Brasileiro da Série D.

Evaristo Piza conseguiu levar o time alvinegro até as semifinais, estágio em que foi eliminado pela Inter de Limeira, no Limeirão, nos pênaltis, após um 2 a 1 para cada lado e 3 a 3 no placar agregado.

Com a boa campanha, acabou ficando para o Paulista A2. Após um início instável, o XV embalou na reta final e conseguiu o quarto lugar da primeira fase. Acabou eliminado nas semifinais após empatar, em casa, por 0 a 0, e perder por 1 a 0, no Brinco de Ouro, para o Guarani. Ao todo, foram 38 partidas, com 18 vitórias, onze empates e nove derrotas, aproveitamento de 57,01%.