Na zona de rebaixamento, time do Paulista A2 afirma: 'Volta ao futebol só em 2021'

A informação foi dada pelo presidente do CAV, Marcelo Stringari, que afirma que o clube não tem verbas para seguir de pé neste ano

por Agência Futebol Interior

Votuporanga, SP, 13 (AFI) - Sem recursos financeiros para manter o 'time de pé' durante essa pandemia do novo coronavírus, o Votuporanguense - time que está na lanterna do Paulista A2 - tomou uma decisão drástica nesta semana: fechar as porta do clube até o final da temporada. Segundo o presidente do CAV, Marcelo Stringari, o futebol só será retomado no clube em 2021.

"Em resumo, o clube parou, não tem nenhum funcionário. A receita foi a zero. Todos os patrocinadores suspenderam os pagamentos e com razão. Acreditamos que a volta do futebol nesse momento seria decretar de vez a falência dos pequenos clubes como o nosso", disse o dirigente, que ainda continuou.

A informação foi dada pelo presidente do CAV, Marcelo Stringari, que afirma que o clube não tem verbas para seguir de pé neste ano
A informação foi dada pelo presidente do CAV, Marcelo Stringari, que afirma que o clube não tem verbas para seguir de pé neste ano
"Esse ano foi atípico, estamos passando por um período comparando a uma Guerra Mundial. Sem dúvida alguma, o mais sensato seria usar esse segundo semestre para repensarmos, nos adequarmos ao novo e desconhecido mundo que teremos a partir de agora, para voltarmos em 2021, com um campeonato forte novamente. Assim, em 2020, vamos pensar na vida".

ACORDOS
Perante esta decisão, o clube fez acordo e dispensou todos os seus funcionários, incluindo comissão técnica do time principal e da base. Nesta semana, funcionários da cozinha e limpeza também foram dispensados. Atualmente, apenas três jogadores tem contratos vigentes com o clube, já que tinham acordos mais longos.

O Centro de Treinamento Bolão, localizado na cidade de Mirassol, onde a base estava alojado foi entregue. Com isso, todos os atletas estão em suas casas e não tem previsão de voltar, já que participação da categoria no segundo semestre não será obrigatório esse ano.

SITUAÇÃO NA TABELA
Restando apenas três rodadas para o fim da primeira fase do Paulista A2, o Votuporanguense está correndo sérios riscos de ser rebaixado, já que está na lanterna do estadual com nove pontos somados em 12 jogos. Em caso de desistência da disputa dessa reta final após a pandemia, o clube deverá mesmo cair de divisão.