Copa Paulista: Atacante da Votuporanguense cumpre meta e fala sobre torcida

Na arquibancada, um grupo de cinco pessoas ostentava uma peruca semelhante ao cabelo do atacante, além de uma camisa com a sigla BB9

por Federação Paulista (FPF)

Araraquara, SP, 02 (AFI) - Com 1,95 de altura, o atacante Bruno Baio ainda ostenta um penteado bem particular, o que torna o camisa 9 do Votuporanguense inconfundível. Na disputa pela artilharia da Copa Paulista, ele contou com uma torcida organizada particular na decisão contra a Ferroviária.

Na arquibancada, um grupo de cinco pessoas ostentava uma peruca semelhante ao cabelo do atacante, além de uma camisa com a sigla BB9.

“Minha família... Eles brincam muito comigo por causa do cabelo. Eu fiquei sabendo quando estava vindo para o estádio que meu primo me mandou uma foto. Fico feliz por eles terem vindo. E toda a torcida do Votuporanguense também, que veio de longe e mereciam”, disse.

 Bruno Baio cumpre meta e fala sobre torcida organizada particular
Bruno Baio cumpre meta e fala sobre torcida organizada particular

Autor do gol do Votuporanguense no primeiro jogo, na segunda partida ele não marcou o gol que o colocaria na artilharia do torneio juntamente com Felipe Fumaça (Olímpia) e Léo Castro (Red Bull).

“Minha sensação é de dever cumprido. Estabeleci a meta de dez gols e consegui fazer. Quero sempre ser artilheiro, mas o que importa é o título. Fomos campeões e o pessoal que ficou na minha frente na artilharia também fez um bom trabalho”, falou.

Vindo do Internacional-RS e com passagem pelo Criciúma-SC, ele falou sobre o nível do torneio.

“Sabemos que qualquer competição aqui em São Paulo é difícil. Já tinha jogado alguns de base e agora a Copa Paulista. É muito mais disputado que nos outros estados”, analisou.

 
 
" />