Copa Paulista: Ídolo do Votuporanguense, ex-atacante é preso por furtar celular

Romário atuou pelo CAV nos Campeonatos Paulista de 2012 a 2015, colaborando com os dois acessos do clube

por Agência Futebol Interior

Votuporanga, SP, 12 (AFI) - O ex-atacante Romário, de 28 anos, foi preso na manhã desta quarta-feira após ser preso em flagrante por furtar um celular. O crime foi cometido em em uma residência de Votuporanga. O ídolo do Votuporanguense, no início da tarde, foi transferido para a Cadeia Pública de Santa Fé do Sul.

Ele já vinha sendo procurado pela polícia há algum tempo: havia um mandado de pisão expedido contra ele por falta de pagamento de pensão alimentícia. De acordo com a Polícia Civil, Romário Sousa Santos invadiu uma casa, revirou os cômodos e furtou apenas o smartphone.

Foto: Reprodução/TV TEM/Arquivo
Foto: Reprodução/TV TEM/Arquivo
Ele tentou escapar pelo telhado da residência vizinha, mas caiu e se machucou. Após ser preso, foi conduzido pela equipe da Atividade Delegada da Polícia Militar à Central de Flagrantes da Polícia Civil, que determinou a transferência.

ÍDOLO
Romário atuou pelo Votuporanguense nos Paulistas de 2012 a 2015, colaborando com os dois acessos do clube.

Na campanha do título da Segundona de 2012, foi o artilheiro da competição com 18 gols. No vice-campeonato do Paulista A3 de 2015, anotou nove tentos e foi o goleador máximo da equipe que perdeu a final para o Taubaté. O último clube que defendeu foi a Matonense, em 2017.

 
 
" />