Jogadores e funcionários de time da Série B estão com salários atrasados

O Vitória soltou uma nota oficial negando que esteja devendo quatro meses para funcionários

por Agência Futebol Interior

Salvador, BA, 15 (AFI) - Não é só dentro das quatro linhas que as coisas não andam bem para o Vitória. Passando por muitas dificuldades financeiras, o clube voltou a atrasar os salários de jogadores e funcionários.

O elenco rubronegro estaria apenas com os salários de setembro pendentes. Apenas porque a situação dos funcionários seria ainda pior. De acordo com a Rádio Sociedade, da Bahia, eles chegaram a ficar três meses sem receber.

Jogadores do Vitória estariam com salários atrasados (Foto: Álvaro Júnior/Ponte Press)
Jogadores do Vitória estariam com salários atrasados (Foto: Álvaro Júnior/Ponte Press)

NEGA COMO ?
Diante do surgimento das notícias sobre salários atrasados, o Vitória soltou uma nota oficial em seu site negando que o clube esteja com quatro meses em aberto e afirmando que está buscando solucionar essa situação o mais rápido possível.

Dentro de campo, o Vitória amarga um jejum de quatro jogos e está na 13ª colocação da Série B do Brasileiro, com 18 pontos, quatro a mais que o Botafogo, primeiro da zona de rebaixamento.

RAPOSA ACERTA COM TÉCNICO PENTACAMPEÃO


CONFIRA ABAIXO A NOTA OFICIAL DO VITÓRIA

O Esporte Clube Vitória, assim como milhares de instituições nacionais, se adequou à MP-936 do Governo Federal, onde consta a redução de jornada de trabalho e a suspensão de contrato, em decorrência da pandemia do coronavírus.

Graças à adesão, o ECV manteve inalterado o seu quadro de funcionários, preocupado notadamente com o bem-estar de todos os colaboradores e seus familiares.

A dificuldade financeira herdada por essa diretoria é pública e foi agravada ainda mais, a partir da crise sanitária gerada pela Covid-19. Tivemos violenta queda de receitas e os balancetes publicados no site evidenciam isso.

Mesmo com todo esse cenário negativo, o ECV vem procurando honrar com as suas obrigações. Não é verdade que o clube esteja com quatro meses de salários atrasados e muito menos que ocorra uma “intimidação” por parte dos gestores, como denunciado por um suposto funcionário.

Reconhecemos os direitos dos funcionários e estamos buscando solucionar essa situação o mais breve possível.