Geninho espera DM e vai segurar a escalação do Vitória até o dia do jogo

Vitória receberá o Brasil no Barradão em busca de se afastar ainda mais da zona de rebaixamento

por Agência Futebol Interior

Salvador, BA, 04 (AFI) - Geninho não escondeu o time ou fez mistério na escalação, mas ainda assim confirmará o Vitória apenas nesta terça-feira, dia do duelo ante o Brasil às 20h30, no Estádio do Barradão, em Salvador, pela 33ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

O treinador rubro-negro tem os laterais Bocão e Chiquinho, além do atacante Wesley, nas mãos do departamento médico. Todos os três realizaram exames nesta segunda-feira e só terão a definição na terça. Geninho deverá esperar até a hora do almoço.

"Olha, eu ainda não tenho definição do time. Estou com alguns problemas no departamento médico. Preciso de uma definição até amanhã (terça-feira) de manhã. Alguns jogadores, inclusive, foram passar por exames agora, não participaram do treinamento. A gente só vai ter os resultados pela tarde para definir se o jogador está 100% ou não para atuar. Tenho algumas indefinições. Foram fazer exames, não tenho muito o que esconder", explicou ele.

Geninho espera o DM. (Foto: Letícia Martins / Vitória)
Geninho espera o DM. (Foto: Letícia Martins / Vitória)
Van, de acordo com o próprio Geninho, ficará com a vaga de Bocão, caso o lateral não seja liberado. Rodrigo Andrade, por sua vez, deverá atuar no meio-campo na vaga de Chiquinho que, apesar de ser lateral, atual no meio. Já Eron e Felipe Gedoz brigarão pela vaga de Jordy Caicedo. O equatoriano está suspenso.

"Podemos ter uma escalação com nomes diferentes em função dos problemas que tenho. Essas podem ser as mudanças. Mudança de esquema não vou fazer. Temos que usar um esquema parecido com o que utilizamos no último jogo, contra o Figueirense. Um meio-campo mais ofensivo, mais agressivo, com três homens na frente, para fazer valer o fato de jogar em casa e buscar a vitória", disse Geninho.

DÚVIDAS!
O Vitória ocupa a 15ª colocação com 37 pontos, quatro a mais do que a zona de rebaixamento. O Leão deverá ir a campo com Martín Rodríguez; Jonathan Bocão (Van), Everton Sena, Ramon e Thiago Carleto; Baraka, Lucas Cândido e Chiquinho (Rodrigo Adrade); Felipe Gedoz (Eron), Wesley e Anselmo Ramon.

"A presença do torcedor é um fator positivo e, acredito, quase fundamental quando se joga em casa. Por isso que se diz jogar em casa, se joga amparado. O que faz a diferença é sempre o torcedor. Quanto maior a presença do torcedor, empurrando o time...", finalizou.