Atacante comemora "gordura" e vê finais para o Vitória até o encerramento da Série B

Geninho, enquanto isso, já faz as contas para livrar o Leão baiano do rebaixamento

por Agência Futebol Interior

Salvador, BA, 06 (AFI) - O Vitória praticamente respira sem ajuda de aparelhos na Série B do Campeonato Brasileiro. O alívio veio com os 3 a 0 sobre o Brasil na última terça-feira. O resultado deixou os baianos na 13ª colocação com 40 pontos, seis a mais do que a zona de rebaixamento.

"Dá um pouco mais de gás para a gente, de gordura. A gente estava um pouco colado com o Figueirense, não conseguimos a vitória, mas os pontos foi muito importante. Agora, a gente tem que tratar cada jogo como uma final. A gente tem que buscar a vitória, porque só assim a gente vai sair dessa situação", analisou o atacante Eron.

O Vitória, para escapar da degola, precisa de, pelo menos, mais cinco pontos nas últimas cinco rodadas. O Leão acumula dez triunfos, dez empates e 13 derrotas. Aproveitamento de 40,4%.

FALA, PROFESSOR!
"A conta é mais cinco ainda. Pode ser até com menos. A turma que está atrás está se enroscando um pouco. Faltam mais cinco rodadas, 15 pontos disputados. Acho que se em mais uma rodada algumas equipes não conseguirem pontuar, eles não vão chegar nunca acima de 42. Até para 42 pontos alguns vão fazer um desempenho grande", disse Geninho.

Geninho faz as contas. (Foto: Letícia Martins / Vitória)
Geninho faz as contas. (Foto: Letícia Martins / Vitória)
"Seria muito bom aquele número mágico pudesse vir mais para baixo. Estaríamos mais perto do nosso objetivo. Mas vamos continuar trabalhando em cima de 45 pontos. Se der com menos, melhor", completou ele.

Para o duelo desta sexta-feira, às 19h15, contra o Paraná, que luta pelo G4, no Estádio Durival Britto e Silva, em Curitiba, pela 34ª rodada, o treinador terá a volta do atacante Jordy Caicedo que cumpriu suspensão, mas ficará sem Everton Sena, suspenso, além dos lesionados Chiquinho e Wesley.

Confira os relacionados do Vitória:

Goleiros: Martín Rodriguez e Ronaldo;
Laterais: Carleto, Matheus Rocha, Van e Wellisson;
Zagueiros: Dedé, João Victor, Ramon e Zé Ivaldo;
Volantes: Baraka, Léo Gomes, Lucas Cândido, Rodrigo Andrade e Romisson;
Meia: Felipe Gedoz;
Atacantes: Anselmo Ramon, Eron, Felipe Garcia e Jordy Caicedo.