Série B: Ex-seleção afirma realizar sonho no Vitória; Edcarlos revela atraso salarial

Carlos Amadeu já trabalhou na base do Leão e terá a primeira chance no profissional

por Agência Futebol Interior

Salvador, BA, 07 (AFI) - Na lanterna da Série B do Campeonato Brasileiro, o Vitória apresentou o seu quarto técnico para a temporada 2019. O último foi Osmar Loss, demitido com a sequência negativa de resultados. Carlos Amadeu comandou recentemente as categorias de base da seleção brasileira e retorna ao Leão, onde ficou por quase uma década, para o seu primeiro trabalho na equipe principal.

"Sempre fui um treinador que militei nas categorias de base, mas que sempre estive atualizado no futebol profissional e futebol mundial. Em 2014, era treinador do sub-20 e apenas fiz dois jogos em uma mudança de técnico. Fui interino em 2015. Estou realizando um sonho, é uma grande oportunidade. As pessoas sempre falam: na dificuldade é que nasce uma oportunidade. Estou tendo essa oportunidade e acredito na mudança de patamar, de status. Acredito que a gente pode fazer um trabalho decente e que consiga no final do ano comemorar", disse Amadeu.

O treinador revelou ainda que não foi a primeira vez que foi procurado pelo Vitória, mas deixou claro que seu sonho era dirigir o clube, o que enfim acabará ocorrendo.

Amadeu já fez seu primeiro treino no Vitória
Amadeu já fez seu primeiro treino no Vitória
"Fui procurado pelo Vitória duas vezes quando estava pela seleção. Fui procurado pela antiga gestão na saída de Marcelo Chamusca. Agora com Paulo Carneiro. (...) Quando saí [da Seleção], imediatamente vim ao Vitória, me apresentei, conversamos a respeito com Ricardo David, e ele me liberou para que pudesse viajar para a Europa. O objetivo era que pudesse acompanhar o futebol internacional, fazer contatos e aproveitar para dar uma descansada. Depois fui efetivamente dar aula nos cursos de formação de treinadores da CBF, que continuo ministrando aulas quando sou solicitado, e acompanhando todos os jogos de todos os clubes que pude acompanhar", concluiu.

O treinador não terá vida fácil, já que encontra o Vitória na lanterna, com apenas 11 pontos, a três de deixar a zona de rebaixamento. O primeiro desafio é diante do Paraná neste sábado, às 19h, no Barradão.

EDCARLOS
Afastado do elenco principal pelo próprio presidente Paulo Carneiro, o zagueiro Edcarlos revelou está há cinco meses sem receber no Vitória, que tenta uma rescisão contratual amigável com o atleta. Na ocasião, o mandatário deixou claro que o jogador, artilheiro da equipe, foi afastado por deficiência técnica.

"Tem alguns meses de salários atrasados, hoje tenho cinco meses de salários atrasados. E a gente precisa definir isso juntos. E ficamos de ter mais uma conversa relacionada a essa parte financeira. Não há acordo, porque não conversamos sobre a parte financeira. Eu sei que o Vitória está passando por um momento difícil e também não quero complicar o momento. Vamos sentar e ver a melhor maneira que podemos fazer para que tudo possa ser resolvido o mais rápido possível", disse o atleta, à rádio Itapoan FM.