Série B: Ainda com elenco capenga, Vitória treina de olho em time paulista

Técnico Claudio Tencati trabalha sem os nove afastados e aguarda reforços para buscar o acesso dentro da Série B

por Agência Futebol Interior

Salvador, BA, 15 (AFI) – Eliminado das finais do Campeonato Baiano, o Vitória concentra suas energias agora pra o início do Campeonato Brasileiro da Série B. A estreia vai acontecer no interior de São Paulo, contra o Botafogo, na cidade de Ribeirão Preto, dentro do Estádio Santa Cruz, dia 26 de abril.

Tencati vai aprimorar tática
Tencati vai aprimorar tática

Como faltam quase duas semanas, o técnico Cláudio Tencatti prioriza os treinamentos no CT Manoel Pontes Tanajura. A parte física já está quase dentro do previsto e agora a comissão técnica vai começar priorizar a parte tática.

Nesta manhã, houve um trabalho físico. O objetivo era forçar a velocidade e capacidade pulmonar.

AS BAIXAS
Mas o elenco não está completo. O zagueiro Edcarlos ficou na academia para fazer reforço muscular. O meia atacante Nickson, com faringite, ficou afastado das atividades.

Felipe Garcia ainda faz a transição do departamento médico para o físico, após se recuperar de lesão muscular.

Emprestado pelo Santo André até o final da temporada, o volante Dudu Vieira concedeu entrevista coletiva na Toca do Leão e foi perguntado sobre os jogadores que foram afastados do elenco.

NADA DOS AFASTADOS
No entanto, evitou comentar o assunto e apenas relatou que passou um momento bem parecido quando atuava no Figueirense em 2017.

Foram afastados os zagueiros Gabriel Silva e Thales, os laterais Jeferson, Juninho e Benítez, o volante Wesley e os atacantes Erick, Maurício Cordeiro e Cléber vão treinar separados e em turno oposto ao restante do elenco.

Além disso, o lateral esquerdo Arroyo, que tinha contrato só até o final de abril, antecipou a despedida.

PROMESSA VAI EMBORA
Apontado como uma das promessas das divisões de base do Vitória, o zagueiro Carlos não pertence mais ao clube rubro-negro, de acordo com Luciano Cortizo, empresário do atleta.

Segundo o agente, a diretoria não protocolou na Federação Bahiana de Futebol (FBF) o direito de preferência no primeiro contrato profissional dele previsto pela Lei Pelé. O compromisso expirou no dia 10 de abril. Agora, o atleta assinou com o Jacuipense.