Vitória descarta ex-técnico da Ponte e se aproxima de ex-Chapecoense

Guto Ferreira ganhou força no Leão, após Kleinar virar carta fora do baralho

por Agência Futebol Interior

Salvador, BA, 06 (AFI) – O Vitória já definiu o perfil do seu novo treinador para a temporada 2019, mas ainda não conseguiu bater o martelo. A diretoria do time baiano descartou, nesta quinta-feira, a contratação de Gilson Kleina, que acabara de deixar a Ponte Preta. O alto pedido de salário feito pelo comandante colocou um ponto final na negociação.

Sem Kleina e Marcelo Cabo – renovou com o CSA -, o Vitória se aproximou de Guto Ferreira, sem clube desde que deixou a Chapecoense na reta final do Campeonato Brasileiro. O treinador já está com uma oferta em mãos e pode ser anunciado a qualquer momento.

Gilson Kleina foi descartado pelo Vitória
Gilson Kleina foi descartado pelo Vitória
O Vitória sofria a concorrência da Ponte Preta, que optou por agir rápido e anunciar Mazola júnior, ex-CRB, como treinador. Sendo assim, o caminho ficou livre para o comandante voltara Salvador, onde fez um grande trabalho no arquirrival Bahia, tendo conquistado um estadual, uma Copa do Nordeste e o acesso à Série A.

Guto Ferreira tem 53 anos e passagens por clubes como Internacional, Noroeste, XV de Piracicaba, Mogi Mirim, Criciúma, ABC, Portuguesa, Figueirense, Ponte Preta, Chapecoense e Bahia.

 
 
" />