Série B: Após perder Itamar Schülle, Vila Nova negocia com técnico de 30 anos

Ariel Mamede confirmou que foi procurado pelo presidente Hugo Jorge Bravo e deixou no ar a possibilidade do acerto

por Agência Futebol Interior

Goiânia, GO, 29 (AFI) - Acertado com o Santa Cruz, Itamar Schülle vai se despedir do Vila Nova neste sábado, contra o Cuiabá, na Arena Pantanal, pela última rodada da Série B do Brasileiro. Mas a diretoria colorada já tem um substituto engatilhado.

Se o negócio for fechado, a escolha vai pegar muita gente de surpresa, já que o treinador tem apenas 30 anos. Trata-se de Ariel Mamede, que já passou pelo Vila Nova (2014 e 2015) comandando as categorias de base.

Ariel Mamede renovou recentemente seu contrato com o Jaraguá depois de conquistar o acesso à elite do Campeonato Goiano. Existe uma cláusula, porém, que garante sua liberação em caso de propostas de clubes das Séries B e C do Brasileiro.

Ariel Mamede comandou as categorias de base da Seleção Brasileira
Ariel Mamede comandou as categorias de base da Seleção Brasileira
"Existe uma conversa. O Hugo (Hugo Jorge Bravo, presidente) me procurou, mas não fechamos nada ainda. Renovei com o Jaraguá, mas posso sair para comandar o Vila. Não vou ter problemas com isso por força de cláusula contratual, que me permite ir para uma equipe de Série B ou C", disse o treinador ao jornal O POPULAR.

A definição sobre o substituto de Itamar Schülle, porém, vai acontecer apenas após o dia 4 de dezembro, quando acontece a eleição presidencial.

O TIME
Em relação ao time que vai entrar em campo contra o Cuiabá, Itamar Schülle precisa fazer inúmeras mudanças, pois muitos jogadores deixaram o Vila Nova ao longo da semana depois que o clube teve o rebaixamento decretado para a Série C do Brasileiro.

O goleiro Rafael Santos, os laterais Jeferson e Romário, os volantes Araújo e Edinho, o meia Magno e os atacantes Maílson, Benítez, Capixaba, Diego Rosa e Carlinhos não fazem mais parte do elenco colorado.

Um provável Tigre para esse jogo é: Alan Bernardon (Clériston); Patrick, Elivelton, Diego Jussani e Felipe Rodrigues; Octávio, Ramon e Elias; Erick, Bruno Mezenga e Gustavo Henrique.