Série B: Presidente elogia, mas não garante permanência do treinador no Vila Nova

Ecival Martins ficou de conversar com Hemerson Maria após as chances de acesso do Tigre se esgotarem

por Agência Futebol Interior

Goiânia, GO, 08 (AFI) - A goleada sofrida para o Brasil de Pelotas, por 5 a 0, na última terça-feira, em Pelotas, praticamente acabou com as chances do Vila Nova de conquistar o acesso à elite do Campeonato Brasileiro e também deixou o clima no clube goiano bastante pesado para a reta final da Série B.

No desembarque da delegação em Goiânia, na última quarta-feira, a segurança foi reforçada no aeroporto, mas não houve protesto. A torcida do Vila Nova parece desanimada em relação ao acesso, apesar das chances matemáticas. O Tigre é o oitavo colocado, com 52 pontos, cinco a menos que o Avaí, primeiro do G4.

A diretoria vilanovense vai esperar as chances acabarem para iniciar o planejamento visando a próxima temporada. Uma das prioridades é definir a permanência ou não de Hemerson Maria. O presidente Ecival Martins rasgou elogios ao treinador, mas deixou seu futuro em aberto.
O técnico Hemerson Maria ainda não sabe se vai permanecer no Vila Nova para 2019
O técnico Hemerson Maria ainda não sabe se vai permanecer no Vila Nova para 2019

"Preciso conversar com ele, pois acredito que tem muitas propostas. É um grande treinador e, para mim, um dos melhores da Série B. Não por conta de um resultado que mudo meu pensamento. (A permanência) Vai depender muito de como ele pensa, de uma série de situações e, no momento, é inoportuno discutir isso", afirmou o mandatário à Rádio Sagres 730.

Em busca da reabilitação, o Vila Nova volta a campo nesta sexta-feira, contra o Figueirense, no Serra Dourada, na abertura da 36ª rodada.

 
 
" />