Série B: 'É um jogo chato', diz meia do Vila Nova sobre duelo contra o lanterna

Time goiano vai encarar o Boa Esporte no próximo sábado, pela 31ª rodada

por Agência Futebol Interior

Goiânia, GO, 10 (AFI) - Mesmo sem vencer há três rodadas, o Vila Nova ainda está próximo do G4, a três pontos do quarto colocado Avaí. Com a missão de se manter firme na briga, o time tem um cenário favorável para o próximo duelo, uma vez que enfrenta o lanterna Boa Esporte em casa, no Serra Dourada.

A situação do adversário, no entanto, não garante a partida será fácil. Essa é a opinião do meia Elias, que prefere não subestimar o adversário.

"Não tem mais jogo fácil, porque as equipes querem sair da situação que estão também. Nós é que podemos fazer os jogos ficarem fáceis, como foi contra o Coritiba, quando marcamos dois gols com menos de 20 minutos. É um jogo chato. Sabemos que eles não estão fazendo uma boa campanha, mas o jogador que está no Boa vem buscando fazer uma boa partida contra o Vila Nova, que é uma equipe grande”, afirmou o jogador.
(Foto: Douglas Monteiro / Comunicação Vila Nova)
(Foto: Douglas Monteiro / Comunicação Vila Nova)

Elias também lembrou que jogar com mandante não tem sido uma arma tão eficiente para o Tigre. Até agora, foram cinco vitórias, oito empates e uma derrota em 14 partidas disputadas em casa.

"Já perdemos muitos pontos jogando no Serra, então não podemos mais perder pontos. Temos novas oportunidades, dois jogos seguidos em casa, então temos de nos preparar bem para conseguir os resultados positivos, começando pelo Boa Esporte e, depois, pensaremos no Juventude", concluiu.

 
 
" />