Série B: Sem jogar há dois meses, Diego Cardoso deixa Vila Nova e retorna ao Santos

O jogador chegou com status de "Menino da Vila", mas não conseguiu se firmar no time goiano

por Agência Futebol Interior

Goiânia, GO, 08 (AFI) – Ainda sem um novo treinador desde a demissão de Rogério Mancini, o Vila Nova começa um processo de faxina no elenco, dispensando atletas que não estão sendo aproveitados. O primeiro deles é o atacante Diego Cardoso.

Vinculado ao Santos, o jogador de 22 anos não era aproveitado por Mancini e acertou sua rescisão contratual, retornando ao time da Vila Belmiro. A última vez que entrou em campo foi no jogo de volta das quartas de final da Copa Verde, contra o Gama, no dia 7 de abril.

Com o status de “menino da Vila”, o atacante que disputou o Brasileiro da Série B pelo Bragantino no ano passado, chegou ao Vila Nova mostrando serviço e marcou dois gols logo na estreia, quando o Tigre bateu o Vilaboense por 6 a 0 em amistoso.

Na sequência, no entanto, não conseguiu repetir a boa atuação e em 14 jogos, sendo onze pelo Campeonato Goiano e três pela Copa Verde, marcou apenas dois gols, em empates por 1 a 1 contra o Brasília, pela primeira fase da Copa Verde, e contra o Aparecidense, no estadual.

Com sete pontos em sete jogos, o Vila Nova é o 14º colocado da Série B e, mesmo em meio à má fase do time, Diego Cardoso não conseguiu brigar por um espaço na escalação titular. O time segue na expectativa de contatar com um novo treinador para a sequência da competição e enfrenta o Londrina, no próximo sábado, no Estádio do Café, pela oitava rodada.

 
 
" />