Imbatível? Vila Nova quer aumentar sequência invicta para dez jogos

Nas últimas nove rodadas, o time goiano venceu seis e empatou três

por Agência Futebol Interior

Goiânia, GO, 27 (AFI) – Sério candidato ao rebaixamento até o final do primeiro turno, o Vila Nova vem tendo um crescimento incrível e já está há nove jogos sem saber o que é derrota no Campeonato Brasileiro da Série B. Querendo aumentar a sequência invicta e se distanciar cada vez mais da zona de rebaixamento, o time entra em campo novamente nesta terça-feira, contra o Santo André, às 19h30, fora de casa, pela 25ª rodada.

Nas últimas nove rodadas, o Tigre conquistou seis vitórias e três empates, sendo que quase bateu o recorde de resultados positivos seguidos (chegou a ter seis, mesmo número que a Ponte Preta). Essa sequência, fez o time deixar a lanterna e subir para o 16ª lugar, com 28 pontos conquistados.

Principal responsável pela melhora do Vila Nova, o técnico Ademir Fonseca fez questão de elogiar todo o elenco e também comemorou o fato do time voltar a ser respeitado pelos adversários, mas chamou a atenção para o que vai encontrar pela frente nos próximos jogos.

"É o grupo mais tático com o qual já trabalhei. Os jogadores são muito obedientes. O Vila Nova voltou a ser mais respeitado e os adversários não vêm mais abertos para enfrentar a gente", comentou o treinador.

Ademir Fonseca ainda não definiu quem serão os 11 titulares para essa partida. O volante Adilson foi expulso na última rodada e cumpre suspensão automática. Se resolver manter o mesmo esquema, ele vai colocar Erick na vaga, mas ainda existe outra possibilidade. O meia Davi poderia atuar mais recuado e Pedro Júnior entraria no ataque, enquanto Roni iria jogar mais no meio-campo.

Com essas dúvidas, o Vila deve entrar em campo com a seguinte formação: Max; Ivan, Éder Lima, Cris e Carlos Alberto; Juninho, Erick (Pedro Júnior), Davi Ceará e Davi; Roni e Bruno Lopes.