Filho de Schumacher confirma que vai disputar a Fórmula 2 em 2019

O campeonato é o principal acesso à principal categoria do automobilismo mundial

por Agência Estado

São Paulo, SP, 27 - Mick Schumacher deu mais um passo rumo à Fórmula 1 nesta terça-feira. O filho de Michael Schumacher, de 19 anos, acertou com a equipe Prema para disputar a Fórmula 2 em 2019. O campeonato é o principal acesso à principal categoria do automobilismo mundial.

"Estou feliz de anunciar que vou continuar minha parceria com a Prema para 2019, ao dar um passo à frente, na Fórmula 2. É um passo bem natural na minha carreira esportiva, na minha opinião, porque eu quero aumentar minha experiência técnica e minhas habilidades de piloto", disse o alemão, nesta terça.

Mick se consagrou campeão da Fórmula 3 Europeia no início de outubro, pela mesma equipe Prema, que usa motores Mercedes. Agora ele seguirá com o mesmo time italiano, desta vez na Fórmula 2, o que representa um passo à frente em sua evolução no automobilismo.

"Para mim, estava muito claro que deveria seguir para a F-2 com a Prema. Não posso agradecer a eles o suficiente pelo que alcançamos como time, principalmente neste ano, e pelo que continuamos a desenvolver juntos", diz o jovem piloto, que já participará dos testes da F-2 em Abu Dabi, na próxima semana.

Mick Schumacher vai disputar à Fórmula 2
Mick Schumacher vai disputar à Fórmula 2
Filho do heptacampeão mundial de F-1, Mick ganhou elogios dos dirigentes da Prema, por conta de sua evolução recente. "Ele é um piloto extremamente dedicado e talentoso. Trabalhar com ele é um prazer e mal podemos esperar para iniciar esta aventura juntos", declarou o chefe do time, Rene Rosin.

O dirigente admitiu que o jovem alemão terá um grande desafio pela frente na nova categoria. "Este campeonato não é fácil por causa da curva de aprendizado que é exigida dos novatos, principalmente com a introdução dos novos modelos dos carros. Mas acreditamos que Mick tem a maturidade e as habilidades necessárias", afirmou.

NO CAMINHO DO PAI
Com o acerto, Mick continua seguindo os passos do pai. Na F-3 Europeia, ele repetiu o título que o pai conquistou há 28 anos. Na F-2, estará às portas da F-1, onde Michael se consagrou com a Ferrari. Somente neste ano, os três primeiros colocados da temporada da F-2 - os ingleses George Russell, Lando Norris e o tailandês Alexander Albon - foram promovidos para a F-1. Serão, portanto, pilotos titulares em 2019.

Mick já afirmou que pretende chegar e brilhar na F-1. Mas garantiu que não tem pressa, em entrevista recente ao Estado. Pilotos e equipes, como Lewis Hamilton, Mercedes e Ferrari, já dão como certa a entrada do herdeiro de Schumacher na categoria futuramente.

 
 
" />