Vasco solicitará anulação do jogo contra o Internacional após falha no VAR

Árbitro de vídeo estaria descalibrado no momento do primeiro gol colorado na partida, marcado por Rodrigo Dourado

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 14 (AFI) - O Vasco vai solicitar a anulação da partida diante do Internacional, realizada neste domingo, em São Januário, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro, e que terminou em derrota cruzmaltina por 2 a 0.

O motivo do pedido é uma pane no VAR no momento da análise do gol de Rodrigo Dourado, o primeiro do Colorado no jogo, ainda no primeiro tempo. A informação é que houve uma falha na tecnologia responsável por traçar a linha de impedimento.

Vasco foi derrotado pelo Internacional com gol polêmico (Foto: Ricardo Duarte/Internacional)
Vasco foi derrotado pelo Internacional com gol polêmico (Foto: Ricardo Duarte/Internacional)

O departamento jurídico do clube carioca entrará com pedido no Superior Tribunal de Justiça Desportiva e também enviará ofício à CBF nesta segunda-feira.

De acordo com o manual do VAR, no entanto, "uma partida não é invalidada devido a defeito(s) na tecnologia do VAR (no que se refere à tecnologia da linha de gol (GLT); decisão errada envolvendo o VAR (dado que o VAR é um membro da arbitragem; a decisão de não revisar um incidente; a revisão de uma situação não revisável."

DIRETOR DE EXECUTIVO DO VASCO GARANTE QUE PEDIRÁ ANULAÇÃO

RETIRADA DE CÂMERA

A diretoria do Vasco também afirmou que um representante do VAR solicitou, antes da partida, a retirada de uma câmera da Vasco TV instalada na linha do impedimento para que as imagens não fossem contestadas, já que o VAR estaria descalibrado.

"O que presenciamos hoje em São Januário foi mais uma repetição do ultraje que tem sido a atuação da arbitragem da CBF em nossas partidas. Pediram para retirarem uma câmera da Vasco TV, 'descalibraram' a linha e ironizaram nosso treinador dizendo que avaliariam as imagens 'de casa'. Já são 18 apitos contra o Vasco, em uma disparidade desrespeitosa em relação a qualquer outro time da competição. Estou acionando a CBF por telefone hoje para uma reunião esclarecedora. Vamos requerer na Justiça Desportiva a anulação desse jogo", declarou Jorge Salgado, presidente do Vasco.