Vasco protocola pedido de anulação da partida contra o Internacional

Clube alega que foi prejudicado com pane do VAR em gol de cabeça do volante Rodrigo Dourado

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 16 (AFI) – Após a polêmica derrota para o Internacional por 2 a 0, em São Januário, o Vasco protocolou nesta terça-feira, no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), pedido de anulação da partida válida pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O clube carioca alega que foi prejudicado por uma pane tecnológica do VAR que não conseguiu revisar o gol marcado por Rodrigo Dourado, o primeiro na vitória gaúcha por 2 a 0. Na ocasião o árbitro não teve a precisão de eventual posição irregular do volante do Inter, que cabeceou sozinho e mandou a bola para as redes.

Ainda no domingo, o Vasco elaborou ofício para ser anexado junto à súmula da partida. Nele, o clube faz imensa crítica ao sistema do VAR que não foi utilizado durante os 90 minutos e pede que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) se pronuncie diante dos fatos que ganharam repercussão nacional.

VAR não funcionou e revoltou Vasco na derrota para o Internacional
VAR não funcionou e revoltou Vasco na derrota para o Internacional
Com o pedido protocolado no STJD, o Vasco agora aguardará o presidente da entidade, Otávio Noronha, para saber se a denúncia será recebida. Noronha pode indeferir o pedido ou aceitar, dando seguimento a abertura de ação para que o caso seja melhor analisado pela Casa.

Caso o pedido seja levado adiante pelo STJD, a CBF não poderá homologar o resultado final da partida, com o Internacional perdendo os 3 pontos conquistados em São Januário até que uma decisão final seja tomada. O Vasco fez o pedido baseado no artigo 84, II, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

Em meio a essa polêmica, o Vasco treina durante a semana visando a partida contra o Corinthians, marcada para o próximo domingo, às 16 horas, na Neo Química Arena. O time é apenas o 17º colocado com 37 pontos ganhos.