Ex-meia do Guarani já fala como reforço de time do Brasileirão

"O que o torcedor pode esperar de mim é que sou um cara que quer sempre vencer, sempre dar o melhor em cada jogo"

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 05 (AFI) - Mesmo ainda não oficializado, o meia-atacante Carlinhos já fala como reforço do Vasco. Ex-Guarani-SP, onde teve uma passagem em 2019, ele se apresentou ao torcedor e prometeu dar 'o melhor em cada jogo'. Além disso, ele explicou porque não deu certo como atleta do clube de Campinas.

"Sou um jogador que saiu novo do Brasil e fiquei oito anos fora do país. O que o torcedor pode esperar de mim é que sou um cara que quer sempre vencer, sempre dar o melhor em cada jogo. É isso que vou tentar fazer no Vasco, sempre com muita vontade", disse ao jornal O Dia.

CARACTERÍSTICAS

Possível substituto de Raul, uma vez que o jogador está afastado e em negociação com o Red Bull Bragantino, Carlinhos também comentou sobre suas características.

"É difícil falar de mim, mas acredito que minha visão de jogo, chute forte, chegada na área e o porte físico são os pontos que mais se destacam em mim", acrescentou.

PASSAGEM NO GUARANI

O jogador de 26 anos também comentou sobre sua passagem no Guarani, época que viveu um problema familiar.

"O Guarani, na verdade, foi uma opção pessoal. Eu estava passando por um momento familiar muito difícil, e a família da minha esposa é de Nova Odessa, interior de São Paulo, cidade vizinha à Campinas. Foi uma escolha pessoal e este é um assunto que não gosto nem de comentar", revelou.

LESÃO NO GUARANI

Também sofreu lesão e não conseguiu emplacar uma boa sequência - foram apenas seis jogos pelo Paulistão - inclusive entrando bem no finalzinho do dérbi diante da Ponte Preta.

"Não foi tão bom assim porque eu cheguei ao Guarani depois de uma longa temporada na Europa. Fui elogiado nos treinamentos, mas logo nos primeiros jogos sofri uma lesão muscular e foram quase dois meses em recuperação. Então, os torcedores não têm essa memória porque quando cheguei ao Guarani me machuquei e não deu para demonstrar o meu melhor futebol", avaliou.