Vasco paga salários com dinheiro da venda de Marrony, mas segue com atrasos

O Vasco recebeu mais de R$ 16 milhões pela venda e pagou três meses de salários para funcionários e um mês a jogadores

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 19 (AFI) - O dinheiro da venda do atacante Marrony caiu na conta do Vasco, mas já saiu. O clube efetuou o pagamento de salários de funcionários, e jogadores e amenizou a crise financeira, embora esteja longe de acabar.

O Vasco recebeu mais de R$ 16 milhões pela venda e pagou três meses de salários para funcionários. Já em relação aos jogadores, pagou mais um mês dos vencimentos.

Foto: Rafael Ribeiro / Vasco.com.br
Foto: Rafael Ribeiro / Vasco.com.br
SEGUE ATRASADOS

Ou seja, a situação do Vasco ainda é delicada, pois os meses referentes aos funcionários foram janeiro, fevereiro e março. Resta abril e maio.

Para os jogadores, foi pago o mês de fevereiro, restando março, abril e maio, além dos diretos de imagem de alguns atletas - nem todos recebem.

ESTADUAL

O Campeonato Carioca voltou nesta semana e o Vasco entra em campo no próximo domingo, às 16h, em São Januário, diante do Macaé. O Cruzmaltino tem dois pontos, quatro a menos do que o Madureira, que fecha o G2 do Grupo B.