Ex-Corinthians e Palmeiras faz autocrítica no Vasco: "Sei que estou devendo"

O jogador ainda afirmou que chegou a ficar com salários atrasados, mas que não acionou o clube na Justiça por respeito à torcida

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 25 (AFI) – O meia Bruno César ainda não consegui mostrar seu melhor futebol no Vasco. O próprio jogador admitiu que não vive grande momento e fez uma autocrítica em um live do clube.

“Eu creio que vou ter de resgatar a confiança nos jogos, no dia a dia. Vou ter de mostrar que o ano foi diferente. Eu não posso dizer aqui, tenho é de mostrar dentro de campo”, disse.

“Cheguei aqui e a torcida do Vasco tinha uma confiança por mim e eu não pude oferecer isso a eles. É claro que sei que estou devendo, tenho a minha autocrítica, sei que não fiz um bom ano”, analisou o jogador.

Bruno César chegou ao clube no início de 2019, mas nunca conseguiu se firmar no time titular. Ele chegou a ser afastado pelo técnico Abel Braga, mas foi reintegrado por Ramon Menezes.

“Estou aqui porque eu quero. Eu quero vestir essa camisa. Eu fiquei três meses quase sem respaldo nenhum. Em nenhum momento eu critiquei o clube ou a direção. O clube está acima de qualquer jogador, então tem que ter respeito mesmo que eventualmente não pague salário. O clube tem torcida, devemos respeito a ela. Se fosse outro jogador, poderia ter colocado na Justiça”, desabafou.