Carioca: Em meio ao caos, Vasco quita 13º salário de jogadores e funcionários

Devido ao atraso salarial, os jogadores vascaínos não falam com a imprensa há um mês

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 24 (AFI) - Em meio à pandemia do novo coronavírus, a semana começou com uma notícia boa aos jogadores e funcionários do Vasco. Nesta segunda-feira, a diretoria cruzmaltina quitou a segunda parcela do 13º salário.

DÍVIDAS ATIVAS

Agora, a respeito das dívidas do ano passado com os jogadores, faltam apenas alguns direitos e imagens. Alguns atletas não recebem o direito desde setembro. Além disso, ainda falta o pagamento das férias, janeiro e fevereiro.

Foto: Divulgação / Vasco
Foto: Divulgação / Vasco

Na semana passada, o Vasco também pagou o mês de outubro para funcionários que trabalham na área jurídica. Com a parada, não há uma perspectiva se os salários que faltam serão acertados em breve, ou se irão atrasar ainda mais.

PROTESTO

Devido ao atraso salarial, os jogadores vascaínos não falam com a imprensa há um mês. Além disso, os jogadores sinalizaram protestar ainda mais, se os salários diminuírem, devido à parada.