Jogadores do Vasco lamentam chances desperdiçadas em Florianópolis

O Gigante da Colina poderia ter conquistado os três pontos se não fosse Vladimir e a falta de pontaria dos atacantes

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 10 (AFI) - O Vasco da Gama perdeu a chance de voltar para o Rio de Janeiro com três pontos na bagagem por conta das inúmeras chances desperdiçadas no empate sem gols com o Avaí, na noite desta quinta-feira, no Estádio da Ressacada, em Florianópolis, pela 24ª rodada do Brasileirão.

"Infelizmente isso vem nos atrapalhando há alguns jogos, mas isso é uma fase e toda fase passe. Temos que procurar acertar o que não acertamos hoje, que os gols vão sair naturalmente", comentou o volante Richard.

O atacante Talles Magno deixou o campo mancando e preocupa o Vasco da Gama
O atacante Talles Magno deixou o campo mancando e preocupa o Vasco da Gama
O elenco, porém, não tem tempo para lamentar. No domingo, o time recebe o Fortaleza, às 16 horas, em São Januário. São três partidas de jejum diante do seu torcedor e só a vitória interessa em mais um confronto direto.

"Agora temos um jogo em casa e não podemos mais perder pontos dentro de casa. É tirar força de onde não tem. É normal oscilar no campeonato, mas não temos que dar desculpas. Logo as vitórias vão voltar", afirmou Richard.

Os dois times estão empatados com 28 pontos, mas o Fortaleza está na frente do Vasco por causa do número de vitórias (8 contra 7). Uma preocupação para o técnico Vanderlei Luxemburgo é o atacante Talles Magno, que foi visto com gelo no tornozelo ao ser substituído no intervalo.