Luxemburgo testa dois times e Vasco vence jogo-treino diante do Atlético-GO

No sábado, às 20 horas, em Foz do Iguaçu, time vascaíno faz o último amistoso antes do reinício do Brasileirão

por Agência Estado

Rio de Janeiro, RJ, 04 - O Vasco obteve a terceira vitória consecutiva em jogos-treino, nesta quinta-feira, ao derrotar o Atlético-GO, por 1 a 0, em São Januário. O único gol do jogo foi marcado por Marrony, aos 34 minutos do primeiro tempo. Os dois primeiros triunfos foram sobre o Madureira (3 a 0) e Rio Branco-ES (2 a 0). No sábado, às 20 horas, em Foz do Iguaçu, o time de Vanderlei Luxemburgo faz o último amistoso antes do reinício do Campeonato Brasileiro.

Diante do Atlético-GO, Luxemburgo utilizou duas equipes. Começou com os primeiros 45 minutos com: Fernando Miguel; Pikachu, Henríquez, Ricardo Graça e Danilo; Richard; Raul, Marcos Júnior, Marrony e Rossi; Marquinho.

Marquinho não foi muito bem como "falso 9". Em compensação, Pikachu foi o responsável pela maioria das boas jogadas de ataque, ao realizar bons cruzamentos pela direita. Em um deles, encontrou Marrony. Livre, o atacante cabeceou bonito par afazer o único gol do jogo.

Foto: Rafael Ribeiro/Vasco
Foto: Rafael Ribeiro/Vasco
OUTRO TIME
Na segunda etapa, o treinador vascaíno colocou em campo: Sidão, Cáceres, Werley, Fellipe Bastos e Henrique; Andrey, Lucas Mineiro, Bruno César, Valdívia e Yan Sasse; Tiago Reis. Com a marcação mais frouxa, Valdivia encontrou espaço no meio-campo e fez boas jogadas.

"Acho que estou fazendo bem o trabalho de falso nove. Consigo me posicionar bem atrás dos volantes adversários e aí consigo acionar Rossi e Marrony", disse Valdívia.

O zagueiro Leandro Castán, que se recupera de lesão, fez um trabalho especial atrás de um dos gols, enquanto o amistoso era disputado. Já Talles correu em volta do gramado, demonstrando que a torção no tornozelo sofrida diante do Rio Branco não foi tão séria.

"Vamos ter mais uma semana de treino, espero que sejam menos intensos", brincou Valdivia. "Os amistosos são importantes para dar ritmo, pois os treinos são muito chatos."