Vasco pega Inter para buscar 1ª vitória e deixar lanterna do Brasileirão

Triunfo nesta sexta seria também o primeiro de Vanderlei Luxemburgo no comando do time alvinegro

por Agência Estado

Rio de Janeiro, RJ, 07 - Os jogadores do Vasco têm em mente exatamente o que precisam fazer contra o Internacional, nesta sexta-feira, às 20h30, no estádio de São Januário, no Rio de Janeiro, pela partida que abre a oitava rodada do Campeonato Brasileiro. O objetivo é conquistar a primeira vitória na competição - foram três empates e quatro derrotas até agora - e deixar a incômoda lanterna.

O triunfo contra o Inter seria também o primeiro de Vanderlei Luxemburgo no comando do time alvinegro. Desde que assumiu o cargo há quase um mês, o técnico comandou a equipe em três partidas. Estreou com um empate por 1 a 1 contra o Avaí, em São Januário, repetiu o placar contra o Fortaleza, no Ceará, e foi derrotado no clássico contra o Botafogo por 1 a 0, no estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro.

Para a partida contra os gaúchos, Luxemburgo poderá contar com a volta do goleiro Fernando Miguel, recuperado de uma lesão na panturrilha direita. O jogador revelou que vem treinando bem e sem dores. "Venho trabalhando desde semana passada num processo de transição. Já estou mais solto, sem limitação. Preciso ganhar ainda, mas vou pulando etapas para ajudar. Estou à disposição", disse.

Talles deve estar em campo contra o Inter. (Foto: Rafael Ribeiro / Vasco)
Talles deve estar em campo contra o Inter. (Foto: Rafael Ribeiro / Vasco)
FÉ NA BASE
O treinador vascaíno aposta também em um jogador das categorias de base: o atacante Talles Magno, de 16 anos. Convocado para um período de treinamento da seleção brasileira sub-17, o jogador pode bater o recorde de ser o mais jovem a marcar um gol se balançar as redes nesta sexta-feira, superando Paulinho (hoje no futebol alemão) e Philippe Coutinho.

"Tenho procurado me empenhar ainda mais para seguir aqui no profissional. Se tiver que quebrar essa marca, vou ficar muito feliz. Mas se eu não conseguir quebrar e ajudar o time a ganhar, ficarei feliz do mesmo jeito. É sempre uma honra jogar em São Januário", afirmou o atacante.