Luxemburgo destaca crescimento do Vasco e se revolta com vazamentos de 'X9'

Na volta da Copa América, treinador afirma que dará treinos abertos para evitar informações privilegiadas

por Agência Estado

Rio de Janeiro, RJ, 14 - A vitória sobre o Ceará por 1 a 0, na quinta-feira, no estádio de São Januário, no Rio de Janeiro, tirou o Vasco da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, após nove rodadas, que agora terá mais tranquilidade durante a paralisação do calendário para a disputa da Copa América. O técnico Vanderlei Luxemburgo ressaltou o crescimento da equipe sob o seu comando - são duas vitórias, dois empates e uma derrota.

"Era importante o Vasco sair da zona incômoda ali atrás. Você sobe degrau, sai do subsolo, vai para o térreo e agora estamos olhando para o primeiro andar. Não estamos tão distantes das equipes. O Vasco tem que pensar nisso. Não pode só pensar em sair da zona de rebaixamento. Precisa de pensar naquilo que quer fazer. Certas coisas necessárias para que possa pensar em alguma coisa. Quero olhar para o andar de cima", afirmou.

Com Luxemburgo, Vasco vence segunda partida seguida e fica na parada da Copa América fora da zona de rebaixamento. (Rafael Ribeiro/Vasco)
Com Luxemburgo, Vasco vence segunda partida seguida e fica na parada da Copa América fora da zona de rebaixamento. (Rafael Ribeiro/Vasco)
O que o técnico não está gostando nem um pouco nesse um mês de trabalho é a presença de um "espião" nos treinamentos do Vasco. Luxemburgo mostrou insatisfação com vazamentos sobre as escalações do time e afirmou que vai abrir os treinos para não ter que demitir alguém do clube.

"O X-9 vai se f..., a informação vai passar para todo mundo ao mesmo tempo. Se eu descobrir quem está passando a informação para fora, eu vou ter que mandar alguém embora. Para não tirar alguém daqui, prefiro abrir", comentou o treinador vascaíno.

Com tempo para treinar, Luxemburgo pensa em reforços para o restante da temporada. "Preciso ir no mercado agora porque meus jogadores sabem que vou tentar trazer jogador para completar os 29 jogos. Tenho que convencer o jogador de que o Vasco é muito bom para ele, que tem credibilidade e cumpre seus compromissos. Vou buscar jogadores que se encaixam no meu perfil, que sejam versáteis, que possa mudar a equipe sem trocar jogador, ter uma definição de modelo de equipe", completou.

Agora o Vasco vai ter um mês tranquilo para trabalhar visando o confronto diante do Grêmio, em Porto Alegre, no dia 14 de julho, pela 10.ª rodada do Brasileirão.