Vasco define ex-técnico do Flamengo como 'Plano A', mas depende de salários

Ele ficou marcado pelos trabalhos no Santos, mas também já passou por Cruzeiro, Atlético-MG, Internacional, Fluminense e Palmeiras

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 22 (AFI) – O Vasco definiu Dorival Júnior como a primeira opção para assumir a vaga de técnico, deixada por Alberto Valentim no último domingo, demitido poucas horas após a derrota por 2 a 0 para o Flamengo no Maracanã. O treinador de 56 anos está sem clube desde que deixou o Flamengo em comum acordo no final do ano passado, abrindo espaço para Abel Braga comandar o time neste ano.

A principal dor de cabeça para o Vasco é o salário que Dorival Júnior recebeu nos últimos dois trabalhos: Flamengo e São Paulo. Os dois clubes têm realidade financeira completamente diferente do time de São Januário, que poderia oferecer um vencimento menor, mas com um contrato longo.

Vasco define ex-técnico do Flamengo como 'Plano A', mas depende de salários
Vasco define ex-técnico do Flamengo como 'Plano A', mas depende de salários
Dorival Júnior já trabalhou no Vasco em duas oportunidades, mas a de maior sucesso foi em 2009, quando não aceitou a renovação do Coritiba para trabalhar no clube carioca recém-rebaixado na primeira divisão do Campeonato Brasileiro. Sem problemas, o treinador confirmou o acesso com rodadas de antecedência e foi campeão da Série B.

Em 2013 ele voltou ao Vasco, mas ficou apenas três meses no cargo. Não conseguiu repetir a boa campanha e entregou o clube na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Dorival ficou marcado pelos trabalhos no Santos, mas também já passou por Cruzeiro, Atlético-MG, Internacional, Fluminense e Palmeiras.