Carioca: Dirigente do Vasco revela sondagens por meia afastado

Thiago Galhardo foi comunicado no último domingo que não jogaria mais pelo clube carioca

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 08 (AFI) - No último domingo, logo depois do Vasco da Gama se garantir na final do Campeonato Carioca ao vencer o Bangu, por 2 a 1, a diretoria anunciou que o meia Thiago Galhardo estava afastado do elenco. E os dias do jogador no clube estão contados.

A diretoria segue sem entrar em maiores detalhes sobre o motivo do afastamento, mas uma coisa é certa: Thiago Galhardo não vai mais vestir a camisa cruzmaltina.

CLUBES DE OLHO
Nesta segunda-feira, o diretor de futebol Alexandre Faria revelou que alguns clubes já entraram em contato com o Vasco para saber da situação do meia. A expectativa é que o futuro de Thiago Galhardo seja decidido ainda essa semana.

"Do ponto de vista profissional, nunca tivemos problema com ele, sempre cumpriu com as obrigações. Mas é uma relação que se encerra aqui. Vários clubes já me ligaram. Não deve demorar para ele estar vestindo a camisa de outro clube", disse o dirigente.

O QUE ACONTECEU?
O afastamento de Thiago Galhardo no último domingo pegou todo mundo de surpresa.

Isso porque o meia havia assistido o jogo diante do Bangu em um camarote do Maracanã ao lado de Máxi López, Leandro Castán e Guilherme Costa.

O meia Thiago Galhardo foi afastado pela diretoria e deve ser negociado pelo Vasco
O meia Thiago Galhardo foi afastado pela diretoria e deve ser negociado pelo Vasco

CONJUNTO DA OBRA
Logo depois, Thiago Galhardo foi chamado para uma reunião com os dirigentes cruzmaltinos, quando recebeu o comunicado de que não estava mais nos planos do clube.

A decisão teria sido tomada pelo "conjunto da obra", já que a relação do meia com a diretoria estava desgastada desde o ano passado.

O meia de 29 anos chegou ao Vasco da Gama no início de 2018 e neste período foram 52 jogos e nove gols marcados. Nesta temporada, Thiago Galhardo disputou 14 partidas e marcou duas vezes.