Zagueiro do Vasco vai ao IML reconhecer corpo de primo morto em incêndio no Flamengo

Werley ficou no local por cerca de uma hora e, bastante emocionado, não quis dar entrevista

por Agência Estado

Rio de Janeiro, RJ, 08 - O zagueiro Werley, do Vasco, foi o primeiro familiar a comparecer ao Instituto Médico Legal (IML) do Rio de Janeiro para reconhecer o corpo das vítimas do incêndio desta sexta-feira no alojamento das categorias de base do Flamengo. O primo do defensor, Pablo Henrique, tinha 14 anos e está entre as dez vítimas fatais.

Werley chegou ao IML por volta das 18h40 e permaneceu cerca de uma hora. O zagueiro deixou o local emocionado e não quis dar entrevistas. O defensor era inclusive o agente do garoto e exemplo profissional. Pablo Henrique também sonhava em ser zagueiro e estava no Flamengo desde o ano passado.

O zagueiro Werley, do Vasco, foi ao IML reconhecer o corpo do primo, que atuava na base do Flamengo
O zagueiro Werley, do Vasco, foi ao IML reconhecer o corpo do primo, que atuava na base do Flamengo

A vítima era natural de Oliveira, no interior de Minas Gerais. Em entrevista coletiva pela manhã, o presidente do Vasco, Alexandre Campello, disse que o clube vai oferecer auxílio tanto a Werley como à família do garoto, que agora fará o transporte do corpo até sua cidade.

PARENTE NO RIO
Além do parentesco, Werley era também o único parente de Pablo Henrique que morava no Rio de Janeiro. O zagueiro era, inclusive, o responsável legal pelo menor de idade.

 
 
" />