Ramon prevê um Vasco forte e confiante para buscar pontos contra o Grêmio no Sul

Lateral-esquerdo consiga ser mais regular para sair da incômoda situação na qual se encontra

por Agência Estado

Rio de Janeiro, RJ, 06 (AFI) - A vitória no clássico contra o Fluminense, no último sábado, deu um novo gás para o Vasco na sua luta para fugir da últimas colocações e evitar mais um rebaixamento no Campeonato Brasileiro em sua história. Nesta terça-feira, o elenco se reapresentou após dois dias de folga no CT do Almirante, em Vargem Pequena, na zona oeste do Rio de Janeiro, e as atenções já estão todas voltadas para a partida contra o Grêmio, neste domingo, na Arena Grêmio, em Porto Alegre, pela 33.ª rodada.

O lateral-esquerdo Ramon foi o escolhido para a entrevista coletiva nesta terça-feira e destacou a força e a confiança que o Vasco ganhou com o triunfo no clássico do último final de semana. "Vamos para lá fortes após essa vitória. Ela nos fez respirar e começar a sair da parte inferior da tabela. Iremos procurar pontuar, então conquistar um empate não seria ruim", afirmou o jogador.

Foto: Divulgação / Vasco
Foto: Divulgação / Vasco
Ramon espera que o Vasco consiga ser mais regular para conquistar pontos e sair da incômoda situação na qual se encontra. Na 13.ª colocação com 38 pontos, tem quatro a mais que o primeiro dentro da zona de rebaixamento, que é o Vitória.

"Eu falei na minha última coletiva que a irregularidade é a grande responsável por estarmos nessa fase da competição brigando pela permanência. Estamos nos cobrando bastante para melhorar esse fator, pois sabemos quanto é importante para uma equipe ser regular no Brasileiro", comentou o lateral-esquerdo.

Quem voltou ao time após seis meses parado por causa de uma grave lesão no ombro foi Rildo. O atacante diz que quer muito jogar mais, mas pede cautela quando perguntado se já como titular. "O Vasco não precisa só de mim, mas sim de todo mundo. É claro que quero jogar, estar dentro de campo, e contribuir de alguma forma, mas o Marrony hoje é o titular. Ele é um jovem de muito talento e fez um jogo muito bom contra o Fluminense. Fiz poucos treinos com a equipe, então é preciso calma", disse.

 
 
" />