Pressionado e em desvantagem, Vasco decide vaga com a LDU na Sul-Americana

Ainda não será nesta quinta que o atacante argentino Maxi López estreará com a camisa do Vasco

por Agência Estado

Rio de Janeiro, RJ, 09 - Sob pressão e em desvantagem por ter perdido o primeiro confronto da segunda fase da Copa Sul-Americana por 3 a 1, o Vasco reencontra a LDU, do Equador, nesta quinta-feira, às 19h30, em São Januário, no Rio de Janeiro. O time cruzmaltino precisa de uma vitória por 2 a 0 para avançar às oitavas de final da competição.

No duelo de ida, em Quito, capital equatoriana, o time carioca pagou pelas suas falhas individuais e agora precisa reverter o resultado para seguir na competição. Como balançou as redes na casa do rival, a vitória por 2 a 0 é suficiente para a classificação. Um novo 3 a 1, mas a favor do Vasco, leva a decisão da vaga para os pênaltis. O time equatoriano pode até perder por um gol de diferença.

Sem vencer há três jogos - as duas últimas derrotas para Corinthians e São Paulo pelo Campeonato Brasileiro, além do revés para a LDU - o time do técnico Jorginho chega pressionado para o duelo. Neste ano, o Vasco já foi eliminado da Copa Libertadores e da Copa do Brasil. Assim, se cair também na Sul-Americana só restará o Brasileirão aos vascaínos.

"Nós temos feito bons jogos. Vamos atuar em casa e tenho acompanhado a movimentação da torcida. Temos que entrar com vontade de vencer. Precisamos ir para cima e mostrar a força do Vasco dentro de São Januário", ressalta o meia Thiago Galhardo.

CALMA LÁ

Ainda não será nesta quinta que o atacante argentino Maxi López estreará com a camisa do Vasco. Havia a expectativa, desde a sua contratação, de que sua estreia aconteceria justamente nesta quinta, porém atrasos na entrega da documentação da transferência impediram que o clube carioca inscrevesse o atleta a tempo de jogar nesta semana pela competição internacional. Andrés Ríos seguirá na equipe.

Pressionado e em desvantagem, Vasco decide vaga com a LDU na Sul-Americana
Pressionado e em desvantagem, Vasco decide vaga com a LDU na Sul-Americana
Agora ele só poderá entrar em campo pelo torneio na próxima fase, se o time avançar. Pelo Brasileirão, o argentino está regularizado. Assim, deve fazer sua estreia pelo Vasco na partida contra o Palmeiras, no domingo, no Allianz Parque, pela 18ª rodada do Brasileirão. O zagueiro Leandro Castán e o atacante Vinicius Araújo, outros reforços, também não estão regularizados e ainda não podem atuar.

A defesa deve ter mudanças. Jorginho sinalizou que entrará com o colombiano Henriquez no lugar de Ricardo Graça. Ele formará a dupla de zaga com Breno, que volta após estar recuperado de lesão. A retaguarda é o setor mais frágil do time e já foi vazada 68 vezes em 43 partidas nesta temporada.

Fora da partida no Equador, o lateral-esquerdo Ramon, o volante Desábato e Yago Pikachu, lateral que se transformou em atacante e tem sido o jogador mais efetivo do time, estão confirmados. Assim, Henrique, Bruno Cosendey e Kelvin vão para o banco.

MESMO TIME

Campeão da competição em 2009, a LDU está no Rio desde terça-feira. O técnico Pablo Repetto admitiu que a estratégia de jogo da equipe não será limitada a defender-se. Os equatorianos vão procurar atacar para conseguir um gol e complicar ainda mais a situação do Vasco no confronto.

Anderson e Jhojan Julio, Fernando Guerrero e Juan Anangonó formam o quarteto ofensivo responsável por colocar em prática os contra-ataques que podem definir a partida e garantir o time equatoriano nas oitavas de final do torneio sul-americano.

A escalação da LDU na partida em solo brasileiro deve ser a mesma que venceu o jogo de ida em Quito há duas semanas. Assim, Franklin Guerra e Horácio Salaberry seguem como titulares na zaga da equipe, já que Anderson Ordóñez está machucado e Christian Cruz, liberado pelo departamento médico recentemente, ainda não tem plenas condições físicas para voltar a atuar.

O colombiano Cristian Borja, que tem passagem apagada pelo Flamengo, foi contratado há poucos dias pela LDU e não poderá ser aproveitado pois já disputou o torneio neste ano pelo América de Cali, da Colômbia.

"Sabemos que é um jogo de classificação e, pelo resultado que tivemos no Equador, a partida vai ser diferente. Vamos enfrentar um Vasco totalmente ofensivo, que vai tentar tirar essa diferença de gols. LDU tem que trabalhar duro e tentar fazer um gol", disse o diretor de futebol da LDU, Santiago Jácome.

 
 
" />