Em grande fase, Pikachu lamenta desfalques do Vasco, mas confia em vitória no Sul

O lateral marcou dois gols na vitória por 3 a 2 sobre o Sport, na última rodada

por Agência Estado

Rio de Janeiro, RJ, 12 (AFI) - Artilheiro do Vasco no Campeonato Brasileiro e vivendo grande fase no clube carioca, Yago Pikachu está confiante por uma vitória diante do Internacional nesta quarta-feira, às 21h45, no Beira-Rio, no último jogo da competição nacional antes da pausa para a Copa do Mundo.

Goleador do time cruzmaltino na competição, com cinco gols, Pikachu lamentou os desfalques vascaínos para a partida - a defesa é o setor com mais ausências, já que Paulão, Ricardo, Werley e Breno não estão disponíveis para o duelo - e a impossibilidade de Jorginho repetir a escalação. Porém, ele confia em um triunfo no Sul para terminar bem este período que antecede a disputa do Mundial na Rússia.

"É complicado mudar de time toda hora. Repetir a equipe é importante, mas em virtude das lesões e dos cartões não estamos conseguindo. Apesar dos desfalques, acredito que não teremos problemas, até porque o jogador que entrar vai procurar dar o melhor", considerou o atleta, em entrevista coletiva nesta terça-feira.

O Internacional passa por um bom momento. Está invicto há sete jogos e vem de vitória sobre o Santos que alçou a equipe colorada à quinta posição na tabela. Pikachu vê a atuação contra o Cruzeiro como modelo para segurar o time gaúcho em Porto Alegre.

"Esperamos um jogo bastante complicado. Eles atravessam um grande momento e vem de uma importante vitória fora de casa. O Beira-Rio, com certeza, estará lotado e a torcida vai empurrar o time do início ao fim", disse. "É um time de qualidade, sabemos das dificuldades, mas temos condições de conquistar o resultado positivo fora de casa. Precisamos entrar em campo ligados e repetir o que fizemos contra o Cruzeiro", declarou o jogador.

O Vasco ocupa a décima posição na tabela de classificação, com 15 pontos. Vale lembrar que o time cruzmaltino tem um jogo atrasado, contra o Santos, por fazer. A partida foi adiada para depois da Copa do Mundo.

 
 
" />