RJ: Mancini atribui má fase do Vasco à ausência de Carlos Alberto

por Teste

Rio de Janeiro, RJ, 04 (AFI) - O técnico Vágner Mancini garantiu que o principal problema do Vasco, que mais uma vez teve atuação ruim apesar da vitória por 2 a 0 sobre o Bangu, é a dependência mais emocional do que técnica do capitão Carlos Alberto.

Veja também:
Ranking aponta Cruzeiro como o melhor do Brasil. Veja os 20 mais!


"Além de ser o jogador que é, o Carlos Alberto liga os outros atletas dentro de campo. Vamos tentar sanar esse problema fazendo com que outros atletas façam essa função. A presença dele é importante por aspectos emocionais, principalmente para orientar os atletas dentro de campo", comentou o técnico.

O problema é que o meia sofre com seguidas contusões e, com dores no pé direito, não é garantia para a partida de domingo contra o Boavista. "Se ele não estiver cem por cento, eu não o utilizarei", antecipou.

Outro problema para Mancini foi a punição a Nilton. Pela entrada criminosa em Caio, na final da Taça Guanabara, o volante foi suspenso por seis jogos. Como cumpriu um, fica de fora até a rodada final da fase classificatória da Taça Rio. O técnico já adiantou que Rafael Carioca será seu substituto.