RJ: Goleiro do Vasco fica na bronca com a torcida

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 26 (AFI) - Após o empate da última quinta-feira por 0 a 0 diante do Sousa-PB, pela Copa do Brasil, os jogadores do Vasco saíram de campo sob vaias e protestos de sua torcida.

Veja também:
RJ: Dodô deixa estádio no intervalo, mas Dinamite releva

Apesar do mal futebol apresentado e da derrota na final da Taça Guanabara por 2 a 0 para o Botafogo, o goleiro Fernando Prass não dá razão ao torcedor cruzmaltino.

"O grupo sabe que precisamos sair dessa situação e vencer o campeonato. Temos que ter equilíbrio. Além da perda do título, o que deixa chateado é a cobrança da torcida desde o primeiro minuto. Quem sabe com o apoio não teríamos feito um jogo melhor", afirmou o goleirão.

Prass ainda defendeu Dodô, alvo principal da torcida que compareceu no São Januário na quinta-feira.

"O Dodô está acostumado com isso, mas fica chateado. Ele é um profissional exemplar. Mais do que ninguém, ele quer entrar e fazer os gols", concluiu.