Liga dos Campeões: A uma semana da estreia, Valencia demite o treinador

Após três temporadas, Marcelino Garcia Toral não é mais o técnico do clube espanhol

por Agência Estado

Campinas, SP, 11 - Após três temporadas, Marcelino Garcia Toral não é mais o técnico do Valencia. O anúncio foi feito nesta quarta-feira, após o presidente do clube espanhol, Anil Murthy, retornar para a Espanha de uma viagem para Cingapura, onde se reunia com Peter Lim, proprietário da Mint Media e dono do Valencia.

FORA DOS PLANOS

A diretoria valenciana não justificou a demissão de Marcelino Toral, mas, segundo a imprensa espanhola, o treinador não estaria de acordo com o planejamento para a equipe nesta temporada.

O ex-jogador Albert Celades, técnico da seleção espanhola de sub-21 até o ano passado, deverá ser o substituto.

Marcelino Garcia Toral ex-técnico do Valencia. (Foto: Divulgação)
Marcelino Garcia Toral ex-técnico do Valencia. (Foto: Divulgação)

CAMPEONATO ESPANHOL

Quarto colocado no último Campeonato Espanhol, o Valencia enfrenta o Barcelona, neste sábado, pela liga nacional, competição na qual está em 10.º lugar, com quatro pontos após três rodadas.

A equipe soma um empate em casa diante do Real Sociedad, uma derrota para o Celta, em Vigo, e vitória sobre o Mallorca, em seu campo.

LIGA DOS CAMPEÕES

Na terça-feira, o Valencia joga pelo Grupo H da Liga dos Campeões, no estádio Stamford Bridge, em Londres, contra o Chelsea, pela rodada de estreia da fase de grupos. Ajax e Lille também fazem parte da chave.