Novorizontino 0 x 2 Botafogo-SP - Passado o susto da degola, Pantera surpreende

O time de Ribeirão Preto venceu com gols de Wellington Tanque e Rafinho, em partida realizada no Canindé

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 29 (AFI) – O Botafogo-SP está garantido na semifinal do Troféu do Interior. Após escapar do rebaixamento, o time de Ribeirão Preto bateu o Novorizontino por 2 a 0 no estádio do Canindé, em São Paulo, na noite desta quarta-feira.

Além do Botafogo, a Inter de Limeira e o Guarani também avançaram para a próxima fase, e aguardam o quarto classificado, que será o time do interior de melhor campanha entre os eliminados nas quartas de final do Campeonato Paulista.

OS GOLS DA VITÓRIA BOTAFOGUENSE

Botafogo surpreendeu ao superar o forte Novorizontino
Botafogo surpreendeu ao superar o forte Novorizontino

COMEÇOU BEM

O Botafogo começou assustando e chegou a acertar a trave em cabeçada do volante Naldo, aos 17 minutos.

As respostas do Novorizontino, ainda no primeiro tempo, foram com o zagueiro Bruno Aguiar, que teve duas bolas para finalizar dentro da área. A primeira foi bloqueada e a segunda chegou sem força para o goleiro Darley defender.

VITÓRIA GARANTIDA

As emoções ficaram mesmo para o segundo tempo, quando o Botafogo cresceu de produção e abriu boa vantagem. Logo aos seis minutos, o centroavante Wellington Tanque aproveitou cobrança de falta e completou de cabeça para o fundo do gol.

Precisando se expor na busca pelo empate, o Novorizontino deu espaço e Rafinha aproveitou aos 22 minutos. Ele recebeu de Matheus Anjos dentro da área e bateu colocado de primeira, deslocando o goleiro oliveira para marcar o segundo gol do jogo e garantir a classificação.

Ficha Técnica

Fase
Quartas de Final
Rodada
1ª rodada
Data
29/07/2020
Horário
19h00
Local
Canindé - São Paulo (SP)
Árbitro
Thiago Luís Scarascati

Assistentes
Herman Brumel Vani e Evandro de Melo Lima

Gols
Botafogo: Wellington Tanque 6' 2T, Rafinha 22' 2T
Novorizontino
Oliveira;
Lepu, Adriano Mina, Bruno Aguiar e Paulinho (Reverson);
Adilson Goiano (Pereira), Léo Baiano e Vinícius Kiss (Batista);
Cléo Silva, Guilherme Queiroz (Cris) e Léo Santiago.
Técnico: Roberto Fonseca
Botafogo
Darley;
Valdemir (Caíque Sá), Robson, Jordan e Gilson (Guilherme Romão);
Naldo (Ferreira), Victor Bolt e Matheus Anjos (Gabriel Calabres);
Ronald (Murilo Oliveira), Wellington Tanque e Rafinha.
Técnico: Claudinei Oliveira