Série C: Moacir Júnior entrega cargo, mas Treze-PB decide manter treinador

O presidente Walter Cavalcanti Júnior convenceu o comandante a ficar no cargo pelo menos até a próxima rodada

por Agência Futebol Interior

Campina Grande, PB, 11 (AFI) - Apesar do Treze ter conquistado o seu primeiro ponto dentro da Série C do Campeonato Brasileiro, depois de três derrotas seguidas, ao ficar no empate por 2 a 2 com o Remo na noite da última quinta-feira (10) em Campina Grande, o técnico Moacir Júnior entregou o cargo logo no final do duelo. Apesar disso, a diretoria não aceitou o pedido e convenceu o comandante a seguir como treinador da equipe.

Mesmo assim, ainda sem vencer, a pressão em cima de Moacir Júnior vem aumentando dia após dia e seu trabalho vem sendo muito questionado por torcedores do Galo da Borborema. Tanto que após o final da partida contra o Remo, ele estava decidido a abrir mão do cargo, mesmo tendo levado a equipe ao título do Campeonato Paraibano recentemente, conquistado em cima do arquirrival Campinense.

Moacir Júnior entrega cargo, mas Treze-PB decide manter treinador
Moacir Júnior entrega cargo, mas Treze-PB decide manter treinador

Porém, mais uma vez, o presidente Walter Cavalcanti Júnior, que já havia bancado a permanência do treinador na última semana, convenceu Moacir Júnior a ficar no cargo pelo menos até a próxima rodada, na esperança da equipe conquistar a primeira vitória e deslanchar no Grupo A da Série C.

Agora, para seguir no cargo, o comandante terá pouco tempo para preparar o Treze-PB para o próximo jogo, afinal o time paraibano entra em campo já nesta segunda-feira (14) quando visita o Manaus, às 18h, na Arena Amazônia. Com um ponto somado, o Galo segue na lanterna, dentro da zona de rebaixamento.