Série C: Treze vence duas seguidas, deixa rebaixamento e se aproxima de permanência

Galo da Borborema depende apenas de si na última rodada para evitar queda à quarta divisão nacional

por Agência Futebol Interior

Campina Grande, PB, 19 (AFI) - O que parecia impossível está se tornando realidade: o Treze, até então praticamente rebaixado, conseguiu reabilitação após contratação do técnico Celso Teixeira e do fiel escudeiro, Gabriel , seu filho, e respira na Série C do Campeonato Brasileiro.

Nos últimos dois jogos, o Galo da Borborema alcançou duas vitórias, manteve 100% de aproveitamento, com três gols marcados, nenhum gol sofrido e o primeiro triunfo como visitante em um ano. Além disso, o time paraibano e contou com duas derrotas do Globo-RN para deixar a zona da degola.

"Feliz com a entrega da equipe, muito guerreira mais uma vez. Quando resolvi aceitar o convite para voltar, muita gente disse que eu estava louco, mas sabia que a torcida do Treze e os jogadores têm uma força muito grande. As vitórias são de todos, mas há ainda mais uma batalha pela frente para que possamos permanecer na divisão. Só dependemos das nossas forças e isso é muito bom", celebrou o treinador.

Gabriel e Celso Teixeira ajudam Treze a ressurgir na Série C
Gabriel e Celso Teixeira ajudam Treze a ressurgir na Série C

VELHO CONHECIDO

Essa é a quarta passagem de Celso Teixeira pelo Treze. A mais marcante foi em 2017, quando pegou a equipe em situação delicada na tabela e alcançou a final do Campeonato Paraibano, com campanha espetacular fora de casa, 11 jogos de invencibilidade e defesa vazada em apenas duas oportunidades.

Identificado com a torcida e com o clube, um episódio ficou marcado na semi do Estadual. À época, foi expulso e parou no meio da torcida para orientar o time.

Neste ano, na estreia diante do Ferroviário, não pôde ficar no banco por não ter o nome publicado no BID e repetiu a cena.

PANORAMA

O Treze depende somente das suas próprias forças para se manter na Série C. Na rodada derradeira, agendada para sábado, 24, às 17h, recebe o rival Botafogo-PB, na briga por classificação às quartas de final.

Se empatar, terá de torcer para que o Globo não vença o ABC, já rebaixado, no Estádio Barretão, em Ceará-Mirim, por mais de dois gols de diferença.