Série C: Treze fecha acordo com atacante para evitar perda de pontos

O valor da dívida não foi divulgado, mas estão contemplados salários, FGTS com multa de 40% e outra multa por quebra de acordo anterior

por Agência Futebol Interior

Campina Grande, PB, 19 (AFI) - Lanterna do Grupo A do Campeonato Brasileiro Série C e com troca de treinador e dispensa de jogadores, o Treze-PB mão vive bom momento na temporada. Nos últimos dias, porém, o clube parece ter evitado que a situação piorasse e chegou a um acordo com o jogador Saldanha.

ENTENDA O CASO

O atacante, que atuou pelo Treze nesta temporada, denunciou o clube ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por falta de pagamentos. O regulamento da Série C prevê até mesmo perda de pontos nesta situação.

O STJD convocou uma reunião de conciliação, aceita pelo Treze e que durou mais de duas horas. O clube ofertou pagar o valor em 12 parcelas e depois abaixou para oito parcelas, ambas recusadas sob alegação de descumprimento de acordo anterior.

NEGOCIAÇÃO

Quando o clube ofereceu pagar o valor em quatro parcelas, o acordo se firmou, com as datas de vencimento fixadas em 7 de agosto, 9 de setembro, 7 de outubro e 7 de novembro.

O valor da dívida não foi divulgado, mas estão contemplados salários, FGTS com multa de 40%, além de outra multa por quebra de acordo anterior.

PERDA DE PONTOS

Em caso de quebra de acordo, há a possibilidade de o Treze perder pontos, apesar de ser improvável. Esta punição está prevista desde 2015 nos regulamentos da Série A, B, C e D, mas só dois clubes foram punidos até então: o Santa Cruz, na Série A de 2016, e o Sport, na Série de 2018. As decisões foram aplicados no ano seguinte, mas os times já haviam sido rebaixados dentro de campo.

SITUAÇÃO NA SÉRIE C

Com apenas nove pontos, o Treze ocupa a nona e última colocação do Grupo da Série C e se prepara para enfrentar o Náutico, no domingo, às 18h, no Aflitão. Como mudou de treinador e dispensou jogadores, a escalação não foi confirmada.