Após quebrar 'jejum' de contratações, Tottenham quebra recorde com francês

Clarke, de apenas 18 anos, assinou um contrato até 2023, em transação fechada por estimadas 10 milhões de libras

por Agência Estado

São Paulo, SP, 02 - Poucas horas após quebrar um "jejum" de contratações, a diretoria do Tottenham quebrou seu recorde em termos de valores no mercado internacional. O clube inglês contratou o meia francês Tanguy Ndombélé por 60 milhões de euros (cerca de R$ 260 milhões), valor mais alto já pago pelo time por um jogador.

O meio-campista de 22 anos estava no Lyon, que ainda poderá embolsar mais 10 milhões de euros (R$ 43 milhões) caso o jogador alcance metas estabelecidas na negociação entre os dois clubes.

Antes deste acerto, o valor mais alto pago pelo Tottenham foi de 49 milhões de euros (R$ 212 milhões) pelo zagueiro colombiano Davinson Sanchez, então do Ajax. A transação aconteceu em 2017.

GIGANTE

Desde então, as negociações tiveram cifras inferiores e cada vez mais raras. O brasileiro Lucas Moura fora o último contratado pelo Tottenham desde os reforços anunciados nesta terça. O brasileiro chegara ao clube londrino na janela de transferências de janeiro de 2018.

Após quebrar 'jejum' de contratações, Tottenham quebra recorde com francês
Após quebrar 'jejum' de contratações, Tottenham quebra recorde com francês
O "jejum" chegou ao fim logo com duas contratações. Antes de anunciar Ndombélé, o Tottenham anunciou a contratação de Jack Clarke, meia-atacante do Leeds United, mas o cedeu por uma temporada ao mesmo time da segunda divisão inglesa.

Clarke, de apenas 18 anos, assinou um contrato até 2023, em transação fechada por estimadas 10 milhões de libras (R$ 48,5 milhões), de acordo com informações da imprensa inglesa. Mas o clube de Londres decidiu cedê-lo por empréstimo ao Leeds, clube de quem adquiriu a promessa, para a temporada 2019/2020.