Ricardo Drubscky quer dar jeito no segundo pior ataque da Série C do Brasileirão

Clube mineiro passou em branco nas últimas duas rodadas e só marcou um gol até aqui

por Agência Futebol Interior

Tombos, MG, 14 (AFI) - O Tombense balançou as redes adversárias apenas na estreia da Série C do Campeonato Brasileiro quando ficou no 1 a 1 ante o São José. Desde então, o clube mineiro passou em branco nas derrotas para Paysandu (1 a 0) e Volta Redonda (2 a 0). Não por acaso, o Gavião tem o segundo piro ataque da edição 2019.

O técnico Ricardo Drubscky trabalha para melhorar o sistema ofensivo do Tombense
O técnico Ricardo Drubscky trabalha para melhorar o sistema ofensivo do Tombense
Por conta disso, o técnico Ricardo Drubscky promete maior atenção e mais treinos para deslanchar o sistema ofensivo do clube de Tombos.

E o tempo voa. Afinal, o Tombense voltará a campo já neste sábado, às 16 horas, no Estádio Antônio Guimarães de Almeida, em Tombos, para encarar o lanterna Luverdense pela 4ª rodada do Grupo B.

"A nós cabe treinarmos um pouco as condições de parte ofensiva e fazer algo neste sentido. É o que temos feito e vamos dar mais ênfase. É um processo de construção que vamos levando adiante", disse o treinador.

O Tombense amarga a vice-lanterna com um ponto, a mesma pontuação do rival mato-grossense. Os dois clubes da zona de rebaixamento também têm saldo negativo de três gols. A diferença está no número de gols marcados. O Tombense fez um, enquanto o Luverdense passou em branco nas três rodadas da Série C.