Série C: Ramon espera Tombense mais maduro após estadual

Time estreia na terceira divisão nacional em duelo com o Tupi, neste sábado

por Agência Futebol Interior

Juiz de Fora, MG, 10 (AFI) - Depois de ser eliminado nas quartas de final do Mineiro para o Tupi, o Tombense vai estrear na Série C justamente contra o carrasco, em duelo marcado para este sábado. Independente do adversário, a expectativa dentro do clube para a competição nacional é boa.

Para o técnico Ramon Menzes, o time chega mais maduro para a disputa, já que passou por um processo de construção.

“Quando eu cheguei aqui eu disse que eu enxergo o futebol como construção. Hoje ,um pouco mais adiantado, com tudo que aconteceu no Mineiro, eu posso dizer que a gente já está bem adiantado em construção. Em cima dela, mantendo essa base, os jogadores já entendem esse trabalho”, disse o treinador em entrevista ao repórter Hércules Freitas, da Rádio Tombos Sonora.

Foto: Gabriel Castro / Grupo Eleven
Foto: Gabriel Castro / Grupo Eleven

Ramon também comentou sobre a possível chegada de mais reforços. Por enquanto, chegaram o zagueiro Matheus Lopes e o meia Anderson Rosa.

“A gente sempre espera jogadores de qualidade, são sempre bem vindos. Já veio o Matheus para compor o sistema defensivo, e agente espera alguns jogadores do meio para frente, como já chegou o Anderson Rosa. O campeonato é muito difícil. É lógico que a gente precisa de algumas peças”, avaliou.

PREPARAÇÃO
O duelo com o Tupi será realizado às 16 horas deste sábado, no Estádio Municipal de Juiz de Fora, abrindo a primeira rodada. Um dos reforços contratados para o estadual, o meia Everton Sena já estará em campo, formando a dupla de criação com o camisa dez Caio César.

No ataque, Daniel Amorim retorna depois de ficar de fora da reta final do Mineiro por conta de uma lesão no tornozelo direito. Quem fica de fora é o lateral-esquerdo Bruninho, que foi vetado pelo departamento médico e será substituído por Theo.

O Gavião Carcará deve ir a campo com Darley; David, Wellington, Anderson e Theo; P.H., Felipe Baiano, Caio César e Everton Sena; Cássio Ortega e Daniel Amorim

 
 
" />