ACETO divulga nota de repúdio contra presidente de time do Tocantins

O caso aconteceu na partida entre Gurupi e Interporto, que seria realizada no estádio Resendão, na cidade de Gurupi

por Agência Futebol Interior

Palmas, TO, 05 (AFI) - Na manhã desta segunda-feira (05), a Associação dos Cronistas Esportivos do estado do Tocantins (ACETO), divulgou uma nota de repúdio à agressão verbal sofrida pela equipe de reportagem da TV Anhanguera, afiliada da Rede Globo no Tocantins, na tarde desde domingo (04), proferida pelo presidente do Gurupi Esporte Clube, Alex Rodrigues, na partida entre Gurupi e Interporto, que seria realizada no estádio Resendão, na cidade de Gurupi.

O CASO

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Ao ser cumprimentado pelo repórter Jairo Santos, o jornalista teve como resposta, uma série de
insultos, xingamentos e ofensas verbais, dirigidas a ele e a emissora em que trabalha, no momento em que a PM estava agindo para impedir a realização da partida, devido a prorrogação do decreto estadual, que impede qualquer atividade esportiva por mais uma semana.

"Independente de qualquer coisa ou fato motivador, o homem público, em qualquer função, precisa zelar pela urbanidade, respeito e liberdade de imprensa. Solicitamos que a Federação tome providências urgentes contra o presidente do Gurupi que não pode ficar exercendo patrulhamento ideológico sobre este ou aquele veículo de imprensa, independente do seu estado de espírito."

"Ressaltamos que a função de dirigente exige sobriedade, equilíbrio e bom senso, elementos que faltaram ao dirigente que está no início do seu mandato, faltando com urbanidade, respeito e civilidade com os veículos de imprensa, o que possivelmente motivaria, caso tivesse torcedores no estádio e alguns apaixonados irracionais, outras formas de agressão aos jornalistas presentes, em especial da TV Anhanguera, que também foi hostilizada pelo “dirigente”,", disse parte da nota divulgada pela ACETO.

CAMPEONATO PARALISADO

Por determinação do Decreto Estadual 6.230, que proíbe a realização de eventos esportivos em todo o estado, e que foi prorrogado pelo período de mais 15 dias, e estabelece restrições no enfrentamento à Covid-19. Com isso, as partidas Gurupi x Interporto e Palmas x Capital, que aconteceriam neste domingo (04) pela sexta rodada do Campeonato Tocantinense, não foram realizadas.

No Estádio Resendão, em Gurupi, as duas equipes Gurupi e Interporto estiveram no gramado, mas dez minutos antes do início da partida, a Polícia Militar da cidade esteve no local e pediu para que não houvesse a partida respeitando o decretando estadual. Vale ressaltar que o Estádio Resendão é administrado pelo Governo do Estado, pela Secretaria de Educação, Juventude e Esportes (Seduc).

E AGORA?

Cabe agora a Federação Tocantinense de Futebol (FTF) aguardar e determinar uma nova data para a disputa destas partidas e da sequência do campeonato. Segundo a FTF, a entidade diz que fez o possível para que os jogos acontecessem, mas agora irá aguardará os próximos passos para ver como irá se proceder.