Federação Tocantinense aguarda liberação dos órgãos para retornar o futebol no Estado

O vice José Wilson Soares, disse que a entidade está ansiosa pelo retorno, porém alega que não há o que fazer sem a liberação

por Reinaldo Cisterna

Palmas, TO, 18 (AFI) - O Campeonato Tocantinense foi paralisado no dia 18 de março, na época, a Federação Tocantinense de Futebol (FTF) suspendeu a competição por tempo indeterminado, além de todas as competições organizadas por ela em razão da pandemia de Coronavírus (Covid-19). Passados 90 dias, o vice-presidente da FTF, José Wilson Soares, disse que a entidade está ansiosa pelo retorno do futebol da mesma maneira que a população e os clubes, porém, ela alega que não há o que fazer sem a liberação dos órgãos competentes.

"As pessoas sabem disso. Outra coisa não adianta liberar aqui em Palmas, por exemplo, e Porto Nacional não ser liberado. As equipes envolvidas terão que jogar nestes locais", explicou Soares.

Federação Tocantinense aguarda liberação dos órgãos para retornar o futebol no Estado

AOS POUCOS
A FTF tem a tabela de cinco competições amadoras prontas para serem revisadas na expectativa da bola voltar a rolar, mas sem essa liberação, não tem como fazer nenhum procedimento. Soares acredita que quando o Governo do Tocantins liberar a retomada do futebol no Estado, os gestores municipais poderão criar coragem e liberar suas praças esportivas.

"Quando a liberação ocorrer para as atividades esportivas, pretendemos iniciar imediatamente, ao menos as competições de base e, assim sucessivamente. Nossa meta é cumprir nosso calendário", finalizou o dirigente.