TOCANTINENSE: Interporto vence fora, fica perto do título e derruba técnico rival

Decisão será no próximo domingo, em Porto Nacional

por Reinaldo Cisterna

Palmas, TO, 13 (AFI) - O Interporto venceu o Gurupi por 3 a 1, de virada, no Estádio Resendão, em Gurupi, no jogo de ida da final do primeiro turno do Campeonato Tocantinense. Após a partida, o técnico dos donos da casa, Léo Goiano, pediu demissão do cargo. O resultado garantiu ao time portuense uma boa vantagem para a partida da volta no próximo domingo, em Porto Nacional.

A equipe poderá perder por uma diferença de dois gols, que mesmo assim levantará a taça do primeiro turno. Cabe ao Camaleão do Sul vencer o rival por uma diferença superior a três para reverter a situação e levar o título.

A equipe da casa começou em cima do Interporto e aos 12 minutos, o meio-campista Fernandoa certou um chute de longe e abriu o placar. Aos 33 minutos, o Interporto equilibrou as ações e o zagueiro Éverson deixou tudo igual, após jogada dentro da área.

Na etapa final, os visitantes exploram bem os contra-ataques. Aos 18 minutos, o artilheiro do Tocantinense com seis gols, Fábio Bala aproveitou falhada da defesa do Gurupi e virou o jogo. Cinco minutos depois, após bola alçada na área o lateral-direito Isac aproveitou nova bobeira do setor defensivo do Camaleão e fez 3 x 1.

Após o jogo o técnico Léo Goiano entregou o cargo dizendo que não tinha mais condições de dirigir o time, afinal, as contratações solicitadas por ele à diretoria não foram cumpridas.

Ficha técnica

Gurupi 1 x 3 Interporto

Local: Estádio Resendão, em Gurupi
Árbitro: Jânio Pires
Assistentes: Edilson Frasão e Francisco Casimiro
Gols: Fernando, 12'/1T (Gurupi); Éverson, 31'/1T, Fábio Bala, 19'/2T e Isac, 23'/2T (Interporto)

Gurupi
Pitanga; Raniel (Leonardo), Anderson Cristo, Dentinho (Apodi) e Paulão; Fernando, Hemerson, Sandro Maranhão (Urânio) e Thomaz; Ricardo Urubu e Héder
Técnico: Léo Goiano.

Interporto
Osmair; Araújo; Ronaldo (Lucas (Rodrigo)) e Éverson; Isac; Batata, Adeilson e Edson Sá (Wesley) e Marcos Paulo; Fábio Bala e Tom.
Técnico: Roberto Oliveira

 
 
" />