Com campanha fraca, Rogério, ex-Timão e Palmeiras, é demitido de time da Segundona

Dinei, ex-Corinthians, assumirá o time provisoriamente como auxiliar

por Agência Futebol Interior

Taboão da Serra, SP, 31 (AFI) - Chegou ao final a experiência de Rogério no comando do Taboão da Serra. Com apenas uma vitória em sete jogos, o ex-volante de Corinthians e Palmeiras entrou em acordo com a diretoria e deixou o CATS no começo da tarde deste domingo.

"Tem horas que a mudança é necessária, o CATS a partir de hoje terá um novo comando técnico. O meu amigo Rogério por motivos pessoais não será mais o treinador da nossa equipe. Fica os meus sinceros agradecimentos a um grande ídolo e ao meu grande amigo", afirmou o presidente do Taboão da Serra, Anderson Nóbrega, que deve anunciar o novo comandante no início da semana.

Rogério se aposentou em 2013, quando vestiu a camisa do Barra da Tijuca. No mesmo ano, ele abandonou as chuteiras e comandou o time carioca sem grande sucesso. No time da Grande São Paulo, comandou veteranos como Viola e Fabrício Carvalho.

Revelado pelo União São João, Rogério desembarcou no Palmeiras em 1996. Campeão Paulista, da Libertadores, Mundial, da Copa do Brasil e de outros título, Rogério ainda tem passagens por Fluminense, São Caetano, Santo André, Itumbiara e Grêmio Osasco.

O Taboão da Serra é apenas o oitavo colocado do Grupo 3 da Segundona, com seis pontos, cinco atrás do primeiro time do dentro do G4, restando onze jogos para o final da primeira fase.

 
 
" />