Viola fecha com Taboão da Serra e pode ter companhia de Edilson Capetinha e Dodô

Além da exposição na mídia, o Taboão espera alavancar o programa sócio-torcedor com a chegada de jogadores famosos

por Agência Futebol Interior

Taboão da Serra, SP, 26 (AFI) – Agora é oficial. Assim como o Portal FI já havia antecipado no último dia 10 de fevereiro, o atacante Viola irá disputar a Segundona Paulista. Na noite desta quarta-feira, o Taboão da Serra anunciou a contratação do tetracampeão, que está com 46 anos. Os próximos na mira são ex-meia Robert, ex-Santos, e os atacantes Dodô e Edílson Capetinha.

“Não temos dúvida de que a experiência de um jogador que já foi tetracampeão mundial com a Seleção Brasileira e jogou em inúmeros clubes irá contribuir para nosso elenco jovem”, ponderou o presidente Anderson Nóbrega. “Além disso, a chegada de um jogador deste nível causa um impacto positivo para a imagem do clube”, concluiu.

Além da exposição na mídia, o Taboão também espera poder lucrar em outros aspectos com a chegada de jogadores famosos. Um deles é o programa de sócio-torcedor. O Cats espera alavancar o programa e melhorar a média de público para a Segundona.

Viola e Anderson Nóbrega: Tetracampeão será embaixador do Taboão da Serra
Viola e Anderson Nóbrega: Tetracampeão será embaixador do Taboão da Serra
CARREIRA

Viola está parado desde 2013, quando defendeu o Tanabi nesta mesma Segundona Paulista. Desde então, o veterano tem atuado em jogos de showbol e campeonatos de várzea. Desde que deixou o Flamengo, em 2005, sem mesmo entrar em campo, o atacante atuou por Juventus-SP, Uberlândia-MG, Duque de Caxias-RJ, Angra dos Reis-RJ, Resende-RJ, Brusque-SC, Morrinhos-GO, Pesqueira-PE e Grêmio Osasco, antes de chegar ao Tanabi.

Antes de perambular por estes clubes, Viola teve uma carreira vitoriosa. O ápice foi em 1994, quando conquistara o tetracampeonato da Copa do Mundo com a Seleção Brasileira. Revelado no Corinthians, ele chegou a ser emprestado a São José-SP e Olímpia, antes de voltar a brilhar no Timão.

Após quase uma década no Alvinegro, foi para o Valencia-ESP em 1995. Na Espanha, o falastrão não conseguiu adaptar-se. Voltou ao Brasil para defender o Palmeiras, gerando muita polêmica à época. Após isso, ainda destacou-se no Santos, no Gaziantepspor-TUR, Guarani e Bahia.

MAIS FAMOSOS
Viola não será o único famoso na Segundona. Atualmente com 49 anos, Müller foi anunciado pelo Fernandópolis, time da pequena cidade de mesmo nome de apenas 70 mil habitantes, no noroeste do Estado. Com três Copas do Mundo no currículo e passagens por São Paulo, Palmeiras e Santos, o veterano está parado há mais de uma década. Seu último clube foi o Ipatinga em 2004.

O Fernandópolis também já iniciou conversas com o lateral-direito Maurinho, ex-Santos e Cruzeiro, que é natural de Fernandópolis. O atacante Alex Dias, ex-São Paulo e Vasco, também está na mira. Todos eles têm um fato em comum: já estavam aposentados.

 
 
" />