MS: Águia Negra e Aquidauanense fazem "Final do Interior" após sete anos

As equipes começam a decidir o título nesse domingo, em Aquidauana

por Rogério Vidmantas - Gazeta MS

Aquidauana, MS, 12 (AFI) - O Campeonato Sul-Mato-Grossense termina nos dois próximos domingos com equipes do Interior decidindo o título. Aquidauanense e Águia Negra, de Rio Brilhante, bateram na semifinal Comercial e Sete de Dourados, respectivamente, e disputam a taça de campeão.

Além disso, os dois clubes representam o Mato Grosso do Sul na Série D do Campeonato Brasileiro e, principalmente, na Copa do Brasil, competição mais rentável do Continente e que garante, na primeira fase, R$ 500 mil, receita que pode custear boa parte da temporada.

A falta de representação de Campo Grande na decisão se deve ao Aquidauanense. Classificado na primeira fase em oitavo lugar com 12 pontos – conquistou 18, mas perdeu seis por utilização de jogador irregular -, o Azulão derrubou o Operário FC nas quartas de final com vitória por 1 a 0 em casa e empate em 1 a 1 na volta e, na semifinal, empatou sem gols com o Comercial na ida, em Aquidauana, e venceu por 2 a 1 na Capital. Já o Águia Negra eliminou a Serc e depois o Sete de Dourados.

DECISÕES
A última edição que duas equipes fora de Campo Grande decidiram o título aconteceu em 2012. Coincidentemente o Águia Negra foi um dos finalistas e enfrentou o Naviraiense na final e com a mesma vantagem que tem agora, conquistando o título com dois empates. No Estádio Virotão o jogo terminou 1 a 1 e, no Ninho da Águia, 0 a 0. Foi o segundo título rubro-negro, já que em 2007 o clube havia conquistado a taça batendo o Cene. Antes, em 2008, o Ivinhema foi campeão vencendo na decisão o Misto de Três Lagoas.

Aquidauanense eliminou Operário e Comercial para ir a final (foto: Franz Mendes)
Aquidauanense eliminou Operário e Comercial para ir a final (foto: Franz Mendes)
Depois, sempre uma equipe da Capital esteve na final. Em 2013, o Cene foi campeão ao vencer o Naviraiense duas vezes. No Virotão fez 2 a 1 e no Morenão por 4 a 0. No ano seguinte deu Cene mais uma vez, agora contra o Águia Negra. Na ida o Águia venceu por 2 a 1 e, na volta, o time da Capital fez 2 a 0.

Em 2015 foi a vez do Comercial ser campeão enfrentando o Ivinhema na final. O jogo de ida no Morenão terminou sem gols e a volta, no Estádio Saraivão, o Colorado venceu por 3 a 2, com direito a gol do título marcado aos 48 minutos do segundo tempo, com Rodolfo cobrando pênalti. Já em 2016 o título foi para o Interior. O Sete de Dourados enfrentou o Comercial e foi campeão pela primeira vez com duas vitórias. Na ida fez 2 a 1 no Estádio Douradão e, na volta, no Estádio Jacques da Luz, 2 a 0.

O Corumbaense foi campeão em 2017 e, na decisão, enfrentou o Novo FC, a surpresa da competição. O título do Carijó veio com um empate em 1 a 1 na ida em Campo Grande e vitória por 2 a 1 na volta, no Estádio Arthur Marinho. Ano passado o Corumbaense voltou à decidir o campeonato, desta vez contra o Operário FC. O Galo não era campeão há 21 anos e quebrou o tabu com derrota em Corumbá por 1 a 0 e vitória no Morenão pelo mesmo placar, fazendo valer a vantagem que tinha por ter melhor campanha.

Próximos Jogos
Aquidauanense x Águia Negra
14/04/2019 16:00